"Ele está de braços abertos a lhe esperar, Ele está a lhe dizer, que o ama... Jesus te ama!!"

"Ele está de braços abertos a lhe esperar, Ele está a lhe dizer, que o ama...       Jesus te ama!!"

ATENÇÃO

OLÁ AMIGOS, MEU NOME É ANGELA, ESTE É UM TRABALHO INTERDENOMINACIONAL.
SOU EVANGELISTA E PROCURO CUMPRIR ESTA LINDA TAREFA DE LEVAR A PALAVRA DE DEUS ÀS PESSOAS, PARA HONRA E GLÓRIA DO NOME DO SENHOR JESUS.
ESTE BLOG SURGIU PELA SUGESTÃO DE UMA AMIGA, POIS, HAVIA ESCRITO UM LIVRO, E COMO NÃO TIVE A POSSIBILIDADE DE PUBLICÁ-LO, DEPOIS DE 5 ANOS GUARDADO, ELA ME SUGERIU EM 2010, COLOCÁ-LO EM UM BLOG.
FOI O QUE FIZ, O LIVRO É COMPOSTO DE CARTAS, AS QUAIS, IRÃO APARECER EMBAIXO NA TELA, POR SER UM BLOG E NÃO UM SITE.
PARA VISUALIZAR O LIVRO NA ÍNTEGRA, CLIQUE EM 2010.
ALÉM DAS CARTAS, POSTO O QUE EU ESCREVO OU DE OUTROS AUTORES, QUE LEIO E ACHO INTERESSANTE COMPARTILHAR.
QUE DEUS OS ABENÇOE MUITO!!!!!!!!
LEIA E COMPARTILHE!
GRAÇA E PAZ!
COM AMOR EM CRISTO JESUS,
ANGELA

Páginas

Arca de Noé... Arca da Aliança... JESUS ARCA DE AMOR!

Em Mt 24:12 está escrito: "E por se multiplicar a iniquidade, o amor se esfriará de quase todos". Se Deus é amor, e se o amor esfriar, o próprio Deus se esfriará nos corações. Que coisa terrível! Deus se esfriando em nossas vidas! Mas Ele disse de: "quase todos", ou seja haverá aqueles nos quais o amor, não se esfriará. Aleluia! Louvado seja Deus por isto. Então, este Blog, é uma tentativa de barrar este processo, não deixando que este amor se esfrie nunca. Pois, foi por amor que Ele morreu por mim e por ti. E nunca deixaremos de amá-Lo, nem aos Teus filhos. Amém

EXPLICAÇÃO DO TÍTULO

• No tempo do Antigo Testamento, o coração do homem se corrompeu de tal forma que Deus se arrependeu de tê-lo feito, pois este se tornou mau, olhando apenas o que os olhos podiam ver, esquecendo-se do que se passa no interior do ser humano, os sentimentos e virtudes.
E Deus achou em Noé um homem justo e o salvou e também a sua família ordenando-o a construir uma arca.

Chamada de
ARCA DE NOÉ.

• No tempo de Moisés, Deus ordenou que se fizesse uma caixa na qual estariam os Dez Mandamentos dentre outros itens, ela era de madeira de acácia revestida de ouro puro, ficava num lugar chamado Tabernáculo, dentro do Santo dos Santos e só os sacerdotes tinham acesso a ela, uma vez por ano, no Tabernáculo também se sacrificavam cordeiros, bodes, etc, pois, acreditavam que o sangue destes animais os purificava de pecados.

Esta arca se chamava, ARCA DA ALIANÇA.

• Mas, Aleluia! Deus enviou Seu Filho Unigênito para derramar Seu sangue para perdão dos pecados da humanidade inteira, “o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo”, e de uma vez por todas, levou sobre Ele nossos pecados, não havendo mais necessidade de sacrifício de animais, e ao morrer, o véu que separava o Santo dos Santos do Tabernáculo, foi rasgado de alto a baixo, ou seja, isto significa, que o lugar em que se tinha acesso a Deus, uma vez por ano, e só o sacerdote poderia entrar, com o sacrifício de Jesus, todos os seres humanos, podem ter esse acesso à presença Dele, 24 horas por dia, o ano inteiro, como era desde o início da criação, quando o homem tinha plena comunhão e acesso a Deus. Ou seja, Jesus nos resgatou de volta ao nosso Criador. Restaura o coração corrompido pelo pecado e afastado de Deus, nos levando de volta a presença do Pai.

Onde a Arca da Aliança estivesse, aquele lugar era abençoado, pois, ela simbolizava a presença de Deus.
Com a morte e ressurreição de Jesus, ali em Pentecostes, o Espírito Santo foi derramado, sobre as pessoas, nos tornando esse templo (lugar de morada de Deus), e portanto, somos abençoados onde formos, pois, o Espírito Santo de Deus habita em nós.
" Deus nos amou de tal maneira que deu Seu filho Unigênito para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas, tenha vida eterna”. (Jo 3:16)
AMOU, foi por amor que Ele nos salvou, por isto, o título:
JESUS, ARCA DE AMOR!

****************************************************************
QUEM SOU EU
Meu nome é Angela, sou casada, tenho dois filhos, sou do estado de Minas Gerais, e, através de um chamado de Deus, trabalhei muitos anos, com pessoas com problemas diversos,
presidiários, etc.
Escrevendo cartas, com base evangelística para várias lugares do Brasil, hoje continuo escrevendo cartas específicas, para cada situação difícil do cotidiano das pessoas, dilemas com drogas, casamentos, depressão, enfermidades, perdas de entes queridos, etc.
Meu plano inicial, era publicar em um livro, as quase 300 páginas que eu havia escrito, mas, não foi possível, pelo alto custo.
Foi então, após estas cartas ficarem guardadas quase 5 anos, resolvi publica-las neste Blog.
O livro foi postado em 2010.
É só clicar lá.
Não recebo recursos financeiros por este trabalho, mas, creio que a recompensa vem do alto.
O que peço é a proteção para minha família, em especial meus filhos, marido...
São palavras, vindas do coração de Deus, pois, foi em lágrimas e lutas, que muitas delas escrevi.
Sou, apenas um instrumento nas mãos do Senhor, para levar a Palavra Dele.
Me formei em Administração (não exerço a profissão) e Teologia, além de estudar a Palavra de Deus, anos a fio, com lutas e provações.

Muitas coisas não coloco só como teoria, pois, várias senti na carne e no espírito, então foi experiência vivida, que Deus me permitiu passar, para ajudar quem estivesse passando pelos mesmos problemas.

O que procuro fazer, é ser fiel nas palavras que Deus coloca em meu coração, e faço o possível, para transmiti-las da forma mais coerente e eficaz possível.

Espero, que este Blog possa te ajudar a passar pelas lutas e dificuldades, possa também, levar a você a alegria e a paz que só Jesus pode dar e saber que por maior que seja a luta, você não está só, tem pessoas que (se você procurar uma igreja) te ajudarão em oração e o Senhor estará contigo para te livrar e te ajudar.

Deus lhe abençoe e saiba que você é muito amado por Deus.
Um grande abraço.
Com amor, em Cristo,
Angela.

Meu e-mail é: amserrap@yahoo.com.br
Dê sua sugestão, opinião, diga o que achou do Blog.
Para mim, é muito importante seu comentário.
Obrigada!







MENSAGENS DE EXORTAÇÃO

19 abril, 2010

REFLEXÃO - GRATIDÃO A BONDADE DO SENHOR

Quero mostrar aqui uma prova da bondade de Deus,
para uns, mistério, para outros, milagre,
para outros loucura, outros naturalidade.....

Como explicar uma mulher com três rins nascer,
dois continuarem funcionando normalmente,
depois de uma triste doença a um adoecer?!
Sonhar com o filho, aí está a misericórdia de Deus então.

Deus não fez sair de seu ventre o filho varão,
mas,quando embora foram suas três filhas,
em sua presença permaneceu o tão sonhado filho homem.

Duas se casaram para os seus novos lares se mudaram
a outra aos estudos se deu!
Quero dizer, que esta é uma homenagem que faço,
esta mulher é minha mãe, estas três, minhas duas irmãs e eu.

Somos três, eu nasci primeiro,
depois Ana Márcia e a caçula Alice Mara.
E o que lá permaneceu, é quem considero um irmão de criação.

O nome da minha mãe é Rosa Diniz,
Rosa no jardim de Deus, assim é Dona Rosa
uma flor que brotou!
Uma rosa meio muito especial, meio teimosa!

Depois de tantas cirurgias e dores...
o médico manda fazer repouso.
E lá vai D. Rosa, levanta três horas da manhã,
pra fazer deliciosos biscoitos caseiros pra vender!

Quando nasce um bebê, D. Rosa vai lá dar banho e cuidar dele,
até o umbigo cair, (muitas mães tem medo de dar banho nesta fase).
não olha distância, nada, faz por amor,
não cobra nada, faz porque gosta.

Se alguém morre, ou fica doente, lá está D. Rosa,
a arrumar tudo, cuidar para que nada fique fora de ordem.
Pega o ônibus cheio, sacola pesada, bem cedinho, quase de madrugada.
Assim é minha mãe, grande mulher, Dona Rosa!

O pai dela, meu vovô José, todos o chamavam de Dedé.
Este sim, era florido!
Sua mãe se chamava Rosa, sua irmã também,
e assim também sua filha, minha mãe, D. Rosa!

Sô Dedé, filho de Inhô do Caraça,
moia a cana para fazer a rapadura,
torrava o café,fazia o queijo, moia o milho para fazer o fubá, ...
Ah Dedezinho, porque se foi, deixando tanta saudade!

Que mais posso dizer da bondade do Senhor?
Meu pai, que enquanto não cuidou da irmã viúva
e enquanto não viu os folhos dela crescer,
da sua vida nada conseguiu fazer.

Apenas quando estruturada estava a vida dos sobrinhos e da irmã,
que cuidar da sua própria vida começou,
foi quando aos quarenta anos com minha mãe se casou.
Sr. Walter Serra, não conseguiu fazer inimigos.

Sempre pacato, do lar para o trabalho e aos domingos à igreja,
então veja, nunca nem uma semana sequer de férias tirou.
No mar seus pés nunca pisou, disto nunca reclamou.
Sem murmurar da sorte, é um exemplo para mim!

Com dignidade e honestidade nos educou, nada material, nunca nos faltou,
pelo contrário, sempre sobrou e com os que tinham menos sempre doou.
Coisas simples sim, mas o caráter de um viver cristão,
todos podem testemunhar em sua vida então.

Sr. Antônio Serra, era seu pai,
viajou treze dias e treze noites de Portugal para o Brasil.
Veio tentar a vida aqui e aqui se casou,
para Portugal nunca mais voltou, muitos filhos criou.

O Brasil carece de pessoas assim como meu pai, é tanta desonestidade,
ganância e corrupção que penso não ter mais fim.
Ser honesto as vezes custa caro,pois, de vários nomes se é taxado.
Num país onde a desonestidade começa de cima.

O patrão lesa o funcionário,
o funcionário as vezes age com má fé,
no fim ambos são lesados,
a empresa não suporta e se fecha e lá vai mais um monte de desempregados.

O funcionário precisa da empresa e vise versa,
vamos contribuir juntos e evitar que a desonestidade te leve na conversa?!
Não use de esperteza, pois, acabará na rua, e com certeza,
ajudará a acabar com a empresa.

Patrão, quando um funcionário seu,
fizer um trabalho digno de admiração,
reconheça, elogie sua dedicação,
assim você sem dúvida, trará a ele mais motivação,
e juntos com a empresa, ambos crescerão.

Patrão e funcionário devem se unir, entrar sempre em um consenso,
o funcionário tem que gostar do que faz,
o patrão tem que dar abertura para que o funcionário reivindique,
não com revolta, mas oportunidade para o funcionário sugerir...

As vezes um funcionário consegue ver o que o patrão não vê,
algo que poderia ser aprimorado, melhorado, acrescentado à empresa,
dê este espaço, empresário, e se a sugestão for boa, premie, incentive!
Valorizem-se ambos, pois, trará com certeza, benefícios para a empresa!

E a empresa, sendo beneficiada, todos são abençoados,
isto se não houver ganância!
E sim, se houver sempre concordância, trabalhar sempre em equipe,
a empresa se tornará uma segunda família, um lugar bom de se estar.

A honestidade e dignidade devem começar de cima,
dos nossos governantes!
O Senhor nos diz em Sua palavra,
que nada devemos ficar a dever a ninguém,
a não ser a dívida do amor,
pois, esta nunca conseguiremos pagar.

Orar por nossos governantes,
para o Senhor lhes dar sabedoria nas decisões,
união, garra é disto que precisamos.
Honestidade, dignidade para termos certeza que podemos confiar,
naquele que nosso voto conquistar.

Brasil, você tem tudo para ser benção,
basta que cada um que decide cada questão,
desenvolva um caráter cristão,
não apenas ir à igreja e se dizer cidadão!

Viver em honestidade, e não em perder horas,
pensando em como levar mais vantagem,
em como denegrir a imagem,
daquele que tenta ser honesto e dignamente e luta com coragem.

Não prejudicando, aquele que simplesmente quer viver com integridade.
Mas, a honestidade dele parece incomodar, que a qualquer deslize,
ou falta que cometer, faz com que um grave erro possa parecer.

Pecado maior não poderia se haver!
O justo quieto em seu labutar,
suportar tanta afronta sem poder dizer um a,
pois, coragem ele não tem para delatar ou fofocar.

Íntegro ele é, e da pessoa que está ausente não consegue o mau falar,
não consegue a ninguém prejudicar, e por isto tão perseguido é.
Mas saiba, amigo, que nada aos olhos do Senhor passa despercebido,
continue na sua integridade e honestidade, não desista de ser fiel.

Você conhece a história do beija-flor que queria apagar o incêndio,
levando a água em seu biquinho?
Nunca ele iria apagar sozinho o fogo na floresta!
Mas a resposta que ele deu foi esta:
“Ao menos estou fazendo a minha parte.”

Quem sabe, alguém vendo seu sincero e digno caminhar,
resolva também com você se juntar?!
E assim, enfim, a luz da esperança de um mundo melhor, passe a brilhar?!

Quero falar também um pouco do meu esposo,
nos conhecemos quando eu com doze anos e ele com dezessete anos,
no Colégio, somos ambos da mesma cidade,do interior de Minas, Caeté.

Duas crianças que o Senhor resolver unir,
caminhos que se cruzaram, namoramos, terminamos...
pois, pela terceira vez que namoramos, nos casamos,
ele aos vinte e quatro e eu aos vinte e um, em 1993.

Quantas lutas passamos, não conseguiria aqui descreve-las!
Sofrimentos, lágrimas, alegrias, decepções,
divergência por forma diferente de criação.

Tudo com um propósito maior, propósito de Deus,
é como está escrito em Is 55:9:
“Assim como os céus são mais altos que a terra,
os Meus pensamentos são mais altos que os vossos pensamentos,
diz o Senhor.”

As vezes eu não entendia porque tanta diferença,
um dia resolvi perguntar ao Senhor por que estava passando por tanta luta,
Ele me respondeu que era para que eu O buscasse mais.

E hoje sei que através desta busca.
Eu pude conhecer a Deus melhor,
e assim poder estar escrevendo este livro,
quem sabe ajudando alguém.

Eu lutei por meu amor, meu casamento,
com renúncias, provações, mesmo que tudo dizia o contrário,
sabia que o meu esposo era precioso para Deus e para mim,
dele não desisti, antes, insisti.

Ele é um funcionário exemplar,
gosta de fazer seu trabalho com perfeição,
trabalha de sol a sol, em uma mineração,
marido que provê sempre o melhor para o lar,
sem deixar nada faltar.

Fácil o casamento, não digo que é, mas,
com a ajuda de Deus,tudo se acerta,
o amor nunca pode faltar,
Jesus deve estar sempre a regar,
o jardim do casamento,
para mal algum nele penetrar.

Paciência, aliada a mansidão, veja o que diz Salomão:
“A resposta branda desvia o furor,
mas a palavra dura suscita a ira”(Pv15:1)
“No muito falar não falta transgressão,
mas o que modera os lábios é sábio” (Pv10:19)
No casamento deve ser assim.

Amo meu esposo,
sei que é para a glória do Senhor que estamos juntos,
louvo a Deus pelas tribulações,
pelas alegrias, por tudo, obrigado Senhor!

Para pensar: Sussurro de Deus
“Conta-se que um homem, levou um índio amigo,
para passear no centro de São Paulo.
Os olhos do silvícola,
não conseguiam acreditar na altura dos edifícios
e ele mal conseguia acompanhar o ritmo frenético das pessoas,
indo e vindo.

Espantava-se com o barulho ensurdecedor das sirenes,
dos automóveis e das pessoas falando em voz alta.
De repente o índio falou: ouço um grilo...
O amigo, espantado, retrucou:
Impossível ouvir um inseto tão pequeno nesta confusão.

O índio insistiu que ouvia o cantar de um grilo.
Tomando o amigo pela mão,
levou-o até um canteiro de plantas.
Afastando as folhas, apontou para o pequeno inseto.
Como? Perguntou o amigo, ainda sem poder acreditar.
O índio, então, pediu-lhe algumas moedas e as jogou na calçada.

Assim que elas caíram e se ouviu o tilintar do metal,
muita gente se voltou...
E o índio completou:
Escutei o grilo,
porque o meu ouvido está acostumado com este tipo de barulho.
As pessoas aqui,
ouvem o dinheiro caindo no chão,
porque foram condicionadas a regirem a este tipo de estímulo.

A gente ouve o que está acostumado a ouvir.
Vivemos em um mundo materialista.
A vida nos impõe, que sejamos muitas vezes duros.
A voz de Deus não é ouvida, senão pelos que tem ouvidos sensíveis.
Muitas vezes, a correria da vida e as agitações da nossa alma inquieta,
não nos permitem perceber o Divino.

Treinamos os nossos sentidos,
para reagir apenas aos impulsos da sobrevivência,
mas, há realidades que só se percebem com o espírito.

Aqueles que aquietam o coração e se deixam tocar pelo Esterno,
escutam o sussurro de Deus.” (Autor desconhecido).

Muito bonito e profundo!
Ouvir a voz de Deus é silenciar,
é ficar a sós com o nosso Criador
e ouvir Sua doce voz em nosso coração.

Com amor,

Angela

Nenhum comentário:

Postar um comentário