"Ele está de braços abertos a lhe esperar, Ele está a lhe dizer, que o ama... Jesus te ama!!"

"Ele está de braços abertos a lhe esperar, Ele está a lhe dizer, que o ama...       Jesus te ama!!"

ATENÇÃO

OLÁ AMIGOS, MEU NOME É ANGELA, ESTE É UM TRABALHO INTERDENOMINACIONAL.
SOU EVANGELISTA E PROCURO CUMPRIR ESTA LINDA TAREFA DE LEVAR A PALAVRA DE DEUS ÀS PESSOAS, PARA HONRA E GLÓRIA DO NOME DO SENHOR JESUS.
ESTE BLOG SURGIU PELA SUGESTÃO DE UMA AMIGA, POIS, HAVIA ESCRITO UM LIVRO, E COMO NÃO TIVE A POSSIBILIDADE DE PUBLICÁ-LO, DEPOIS DE 5 ANOS GUARDADO, ELA ME SUGERIU EM 2010, COLOCÁ-LO EM UM BLOG.
FOI O QUE FIZ, O LIVRO É COMPOSTO DE CARTAS, AS QUAIS, IRÃO APARECER EMBAIXO NA TELA, POR SER UM BLOG E NÃO UM SITE.
PARA VISUALIZAR O LIVRO NA ÍNTEGRA, CLIQUE EM 2010.
ALÉM DAS CARTAS, POSTO O QUE EU ESCREVO OU DE OUTROS AUTORES, QUE LEIO E ACHO INTERESSANTE COMPARTILHAR.
QUE DEUS OS ABENÇOE MUITO!!!!!!!!
LEIA E COMPARTILHE!
GRAÇA E PAZ!
COM AMOR EM CRISTO JESUS,
ANGELA

Páginas

Arca de Noé... Arca da Aliança... JESUS ARCA DE AMOR!

Em Mt 24:12 está escrito: "E por se multiplicar a iniquidade, o amor se esfriará de quase todos". Se Deus é amor, e se o amor esfriar, o próprio Deus se esfriará nos corações. Que coisa terrível! Deus se esfriando em nossas vidas! Mas Ele disse de: "quase todos", ou seja haverá aqueles nos quais o amor, não se esfriará. Aleluia! Louvado seja Deus por isto. Então, este Blog, é uma tentativa de barrar este processo, não deixando que este amor se esfrie nunca. Pois, foi por amor que Ele morreu por mim e por ti. E nunca deixaremos de amá-Lo, nem aos Teus filhos. Amém

EXPLICAÇÃO DO TÍTULO

• No tempo do Antigo Testamento, o coração do homem se corrompeu de tal forma que Deus se arrependeu de tê-lo feito, pois este se tornou mau, olhando apenas o que os olhos podiam ver, esquecendo-se do que se passa no interior do ser humano, os sentimentos e virtudes.
E Deus achou em Noé um homem justo e o salvou e também a sua família ordenando-o a construir uma arca.

Chamada de
ARCA DE NOÉ.

• No tempo de Moisés, Deus ordenou que se fizesse uma caixa na qual estariam os Dez Mandamentos dentre outros itens, ela era de madeira de acácia revestida de ouro puro, ficava num lugar chamado Tabernáculo, dentro do Santo dos Santos e só os sacerdotes tinham acesso a ela, uma vez por ano, no Tabernáculo também se sacrificavam cordeiros, bodes, etc, pois, acreditavam que o sangue destes animais os purificava de pecados.

Esta arca se chamava, ARCA DA ALIANÇA.

• Mas, Aleluia! Deus enviou Seu Filho Unigênito para derramar Seu sangue para perdão dos pecados da humanidade inteira, “o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo”, e de uma vez por todas, levou sobre Ele nossos pecados, não havendo mais necessidade de sacrifício de animais, e ao morrer, o véu que separava o Santo dos Santos do Tabernáculo, foi rasgado de alto a baixo, ou seja, isto significa, que o lugar em que se tinha acesso a Deus, uma vez por ano, e só o sacerdote poderia entrar, com o sacrifício de Jesus, todos os seres humanos, podem ter esse acesso à presença Dele, 24 horas por dia, o ano inteiro, como era desde o início da criação, quando o homem tinha plena comunhão e acesso a Deus. Ou seja, Jesus nos resgatou de volta ao nosso Criador. Restaura o coração corrompido pelo pecado e afastado de Deus, nos levando de volta a presença do Pai.

Onde a Arca da Aliança estivesse, aquele lugar era abençoado, pois, ela simbolizava a presença de Deus.
Com a morte e ressurreição de Jesus, ali em Pentecostes, o Espírito Santo foi derramado, sobre as pessoas, nos tornando esse templo (lugar de morada de Deus), e portanto, somos abençoados onde formos, pois, o Espírito Santo de Deus habita em nós.
" Deus nos amou de tal maneira que deu Seu filho Unigênito para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas, tenha vida eterna”. (Jo 3:16)
AMOU, foi por amor que Ele nos salvou, por isto, o título:
JESUS, ARCA DE AMOR!

****************************************************************
QUEM SOU EU
Meu nome é Angela, sou casada, tenho dois filhos, sou do estado de Minas Gerais, e, através de um chamado de Deus, trabalhei muitos anos, com pessoas com problemas diversos,
presidiários, etc.
Escrevendo cartas, com base evangelística para várias lugares do Brasil, hoje continuo escrevendo cartas específicas, para cada situação difícil do cotidiano das pessoas, dilemas com drogas, casamentos, depressão, enfermidades, perdas de entes queridos, etc.
Meu plano inicial, era publicar em um livro, as quase 300 páginas que eu havia escrito, mas, não foi possível, pelo alto custo.
Foi então, após estas cartas ficarem guardadas quase 5 anos, resolvi publica-las neste Blog.
O livro foi postado em 2010.
É só clicar lá.
Não recebo recursos financeiros por este trabalho, mas, creio que a recompensa vem do alto.
O que peço é a proteção para minha família, em especial meus filhos, marido...
São palavras, vindas do coração de Deus, pois, foi em lágrimas e lutas, que muitas delas escrevi.
Sou, apenas um instrumento nas mãos do Senhor, para levar a Palavra Dele.
Me formei em Administração (não exerço a profissão) e Teologia, além de estudar a Palavra de Deus, anos a fio, com lutas e provações.

Muitas coisas não coloco só como teoria, pois, várias senti na carne e no espírito, então foi experiência vivida, que Deus me permitiu passar, para ajudar quem estivesse passando pelos mesmos problemas.

O que procuro fazer, é ser fiel nas palavras que Deus coloca em meu coração, e faço o possível, para transmiti-las da forma mais coerente e eficaz possível.

Espero, que este Blog possa te ajudar a passar pelas lutas e dificuldades, possa também, levar a você a alegria e a paz que só Jesus pode dar e saber que por maior que seja a luta, você não está só, tem pessoas que (se você procurar uma igreja) te ajudarão em oração e o Senhor estará contigo para te livrar e te ajudar.

Deus lhe abençoe e saiba que você é muito amado por Deus.
Um grande abraço.
Com amor, em Cristo,
Angela.

Meu e-mail é: amserrap@yahoo.com.br
Dê sua sugestão, opinião, diga o que achou do Blog.
Para mim, é muito importante seu comentário.
Obrigada!







MENSAGENS DE EXORTAÇÃO

29 janeiro, 2011

CARTA AOS MOTORISTAS, MOTOCICLISTAS, CICLISTAS

O trânsito é mau, não abuse pode ser fatal.
Cruzamentos são perigosos, seja cuidadoso.
E ore para que Deus te dê livramento em cada cruzamento.

Muitos não respeitam a sinalização,
dirija com concentração,
por você e por aquele sem atenção.

Pois, tantos se embriagam e são inconseqüentes,
e pode ser catastrófico contra quem é inocente,
por isso cuidado, não seja negligente.

Dirija devagar, pois, se caso vier alguém
desgovernado, há tempo de parar, ou desviar,
e o mau pode ser evitado.

Mas, não seja displicente,
dê manutenção mensalmente,
pneus, óleo, água, freios, motor, etc.

Traga contigo sempre, ferramentas necessárias,
pode haver algum incidente,
Nunca ultrapasse pela direita,
nem em lugares proibidos e sem visão.

Não brinque com a sorte,
prefiro não fazer o restante da rima,
pois, sabes qual a palavra,
que pode rimar com sorte!?

Deus nos protege,
mas, não podemos abusar,
temos que de nossa vida cuidar.

Há tantos que nos amam e precisam de nós.
Existe uma frase bem conhecida, mas,
muito verdadeira:

“Perca um minuto de sua vida, mas,
não perca sua vida em um minuto”
(Desconheço o autor)

O celular pode te distrair. Cuidado!
Se você não conhece bem a estrada é melhor se precaver.
Não dê lugar a distração.
Mais, uma vez digo, dirija com atenção

Existem Estados que tem a geografia do terreno plana,
outros como Minas, são curvilíneos,
montanhosos, cheio de ribanceiras.

Cada estrada é de um jeito, um tipo de cuidado diferente.
Dirigir em estrada plana e reta é diferente que dirigir
em estrada com muitas curvas e morros.

Não seja displicente,
se o motorista do lado ou de traz é inconseqüente,
seja você o agente a evitar um grave acidente.

Com baixa velocidade,
é mais fácil parar,
se houver necessidade.

Direção é coisa séria,
problemas todos tem,
mas, ao volante concentração,
é muito importante.

Esqueça um pouco suas chateações,
em um segundo de distração,
pode haver complicação.

Falar que não se deve dirigir alcoolizado,
e usar o cinto de segurança, é desgastante,
pois, todos sabem disso e disso falam
a todo instante.

Então é só cumprir as regras,
e se manter sóbrio ao volante,
é imprescindível, muito importante.

Motociclista, moto-boy, ciclista,
a situação é ainda mais séria e exige muita cautela.
Geralmente o motociclista não é muito respeitado
no trânsito, os carros maiores os fecham a todo instante.

Por isso não seja precipitado, nem auto confiante demais,
tenha segurança ao fazer uma manobra.
Saiba que Deus te ama e em sua vida tem
grandes obras a realizar.

Antes de fazer algo impensado,
pense em quem te ama.
A velocidade excita e dá vontade de correr mais.
Pare!!!!!!!

Não ceda à cilada da velocidade.
Correr é uma arma que se atira contra si mesmo.
Pois, no imprevisto não há como parar.
Se estiver devagar, tudo pode se evitar.

Ei, então cuidado irmão! O trânsito não é brinquedo,
moto requer atenção, nunca dê lugar a distração.
Um segundo pode ser fatal,
sua vida é mais importante que o metal.

Meu amigo moto-boy,
tantas entregas a fazer,
horários a cumprir, mas,
preste atenção no que vou te dizer:

Não seja negligente, nem guie desatentamente,
guie devagar, se algo acontecer tem tempo de parar.
E as entregas com calma realizar.

Meus amigos (as), quando na BR,
for guiar, cuidado ao ultrapassar,
vá devagar, que Deus de ti cuidará,
te proteger e os anjos do Senhor estarão a ti guardar.

E em paz você e sua família,
certamente viverá,
não faça chorar quem te ama e se preocupa com você.

Com amor,
Angela.

23 janeiro, 2011

RESOLVI COMPARTILHAR COM VOCÊS ESTE E-MAIL

UM DEFEITO NA MULHER

Quando Deus fez a mulher já estava
em seu sexto dia de trabalho fazendo horas extras.
Um anjo apareceu e Lhe disse:
"Por que leva tanto tempo nisto?"
E o Senhor respondeu:
"Já viu a minha ficha de especificações para ela?"

Deve ser completamente lavável,
mas sem ser de plástico,
ter mais de 200 peças móveis e
ser capaz de funcionar com uma dieta de qualquer coisa,
até sobras,
ter um beijo que possa curar desde um joelho
arranhado até um coração partido
e fará tudo isto somente com duas mãos."

O anjo se maravilhou com as especificações.
"somente duas mãos....Impossível!"
e este é somente o modelo básico?
É muito trabalho para um dia...
Espere até amanhã para terminá-la."

Isso não, protestou o Senhor.
Estou tão perto de terminar esta criação
que é favorita de Meu próprio coração.
Ela se cura sozinha quando está doente e
pode trabalhar jornadas de 18 horas.

" O anjo se aproximou mais e tocou a mulher.
"mas o Senhor a fez tão suave..."
"É suave", disse Deus, mas a fiz também forte.
Você não tem idéia do que pode agüentar ou conseguir.
"Será capaz de pensar?" perguntou o anjo.
Deus respondeu:
"Não somente será capaz de pensar mas
também de raciocinar e de negociar"

O anjo então notou algo e estendendo
a mão tocou a bochecha da mulher.....
"Senhor, parece que este modelo tem um vazamento...
Eu Lhe disse que estava colocando muita coisa nela..."

"Isso não é nenhum vazamento...
é uma lágrima" corrigindo-o o Senhor.
" Para que serve a lágrima," perguntou o anjo.

e Deus disse:
"As lágrimas são sua maneira de
expressar seu destino, sua pena,
seu desengano, seu amor, sua solidão,
seu sofrimento, e seu orgulho."

Isto impressionou muito ao anjo
"O Senhor é um gênio, pensou em tudo.
A mulher é verdadeiramente maravilhosa"

Sim é!
A mulher tem forças que maravilham aos homens.
Agüentam dificuldades, levam grandes cargas,
mas têm felicidade, amor e alegria.
Sorriem quando querem gritar.
Cantam quando querem chorar. choram quando
estão felizes e riem quando estão nervosas.

Lutam pelo que creem.
Enfrentam à injustiça.
Não aceitam "não" como resposta quando
elas creem que há uma solução melhor.
Privam-se para que a sua família possa ter.
Vão ao médico com uma amiga que tem medo de ir.
Amam incondicionalmente.

Choram quando seus filhos triunfam e se alegram
quando seus amigos ganham prêmios.
Ficam felizes quando ouvem sobre um
nascimento ou um casamento.

Seu coração se parte quando morre uma amiga.
Sofrem com a perda de um ente querido,
entretanto são fortes quando pensam que já não
há mais forças.
Sabem que um beijo e um abraço
podem ajudar a curar um coração partido.

Entretanto, há um defeito na mulher:
É que ela se esquece o quanto vale."

(Não consta o nome do autor)

Claro que é uma fábula,
não está escrito isso na Bíblia.
Infelizmente, muitas mulheres de deixam tornar objeto,
se deixam levar pela excessiva vaidade
e se têm esquecido da riqueza da obra do Criador,
que fez a mulher com tantas qualidades,
com tanto esmero, nos mínimos detalhes
e se deixam levar pelo exterior,
pela quantidade de silcone,
de botox, de...etc.

Esquecem que tudo se corrompe quando morremos,
se esquecem da beleza da alma,
pois, é o que O Criador olhará,
naquele dia em que O veremos face a face,
olhará quantos perdões liberamos,
quantas pessoas ajudamos,
quantos fizemos felizes.

A verdadeira beleza é o sentimento
que Deus colocou dentro de cada coração: o AMOR.

Que Deus os abençoe!
Com amor,
Angela.

15 janeiro, 2011

UMA PALAVRA AOS IRMÃOS

Queridos amigos e irmãos em Cristo,
graça e paz!

Gostaria de esclarecer que quando digo
que Deus me proporciona mães,
é para louvar a Deus que não nos desampara
e nos dá mães nos sentido espiritual,
com quem aprendemos algo de bom.

Minha mãe é, e sempre será única, Rosa,
que infelizmente o Senhor já a recolheu para si,
com ela aprendi a ser dedicada,
amar o próximo, servir, enfim,
sou o que sou graças ao que vivenciei ao lado dela
e do meu pai.

A nossa vida é um constante aprendizado.
Deus vai nos acrescentando conhecimentos,
aprendi com várias pregações,
que além de tirarem minhas dúvida,
me acrescentaram saber e é o que tento passar para vocês,
estas preciosidades que ao longo da vida,
Deus me acrescentou através de homens e mulheres de Deus.

Não quero reter nada só para mim,
o que Deus fez e faz em minha vida
é grandioso demais para guardar,
não quero ser egoísta e não tenho sido,
tudo que o Senhor coloca em meu coração,
divido com os irmãos e mais Ele acrescenta
e mais Ele cobra de mim que passe tudo às pessoas.

É o que tenho feito,
procurando ser fiel ao transmitir cada mensagem,
para que eu não descepcione Aquele que me chamou,
nem meus irmãos que acreditam em mim.

E a todos que oram por mim,
agradeço de coração
e peço a Deus que retribua em bençãos cada oração.

E o meu agradecimento a Deus é no sentido de que
Ele nunca nos deixa sós,
por mais que pensemos que estamos sozinhos.
Ele sempre levanta amigos, irmãos, mães, etc.

"Alegrai-vos sempre no Senhor,
outra vez digo, alegrai-vos" (Fp 4:4)

Deus os abençoe!

Com amor,

Angela.

02 janeiro, 2011

MENSAGEM DE FINAL DE ANO

Mais um ano que se finda,
talvez em nossos corações hajam angústias por algo que não se realizou,
ou uma benção que não se concretizou,
frustrações por algum fracasso,
saudades de quem se foi,
ansiedade quanto ao que se está por vir.

Sabe querido, quais sentimentos Deus quer que tenhamos?

Gratidão, pois, ainda que as coisas não tenham ocorrido como sonhado, ou planejado, sejamos gratos por estarmos vivos.
Pelos livramentos de Deus sobre nossas vidas e dos nossos queridos...
Tenhamos nossas esperanças renovadas quanto ao novo ano...
Expectativas firmadas somente em Deus...
Ansiedade colocada aos pés de Jesus, para que possamos com júbilo, carregar a nossa cruz.
Ânimo e alegria pelo Senhor ter nos sustentado até aqui.
Que Ele nos conceda saúde, amor, ausência de necessidade, que em nosso coração flua paz e bondade...
É o que almejamos.
E poder dizer: Jesus, só em Ti esperamos,
este ano de 2011 em Suas mãos entregamos!
Que as igrejas sejam canal de bênçãos e que as ovelhas famintas de Deus, encontrem para suas almas, saudável alimento, força e alento.

Que haja então: gratidão, esperança, ânimo e alegria em cada coração.

Com amor,
Angela.

UM SINGELO PRESENTE

Recebi este e-mail e resolvi compartilhá-lo com os irmãos:
(Não consta o nome do autor)

"Um garoto pobre, com cerca de doze anos de idade, vestido e calçado de forma humilde, entra na loja, escolhe um sabonete comum e pede ao proprietário que embrulhe para presente. "É para minha mãe", diz com orgulho.

O dono da loja ficou comovido diante da singeleza daquele presente.
Olhou com piedade para o seu freguês e, sentindo uma grande compaixão, teve vontade de ajudá-lo.

Pensou que poderia embrulhar, junto com o sabonete comum, algum artigo mais significativo. Entretanto, ficou indeciso: ora olhava para o garoto, ora para os artigos que tinha em sua loja.

Devia ou não fazer? O coração dizia sim, a mente dizia não.

O garoto, notando a indecisão do homem, pensou que ele estivesse duvidando de sua capacidade de pagar.

Colocou a mão no bolso, retirou as moedinhas que dispunha e as colocou sobre o balcão.

O homem ficou ainda mais comovido quando viu as moedas, de valor tão insignificante.
Continuava seu conflito mental.
Em sua intimidade concluíra que, se o garoto pudesse, ele compraria algo bem melhor para sua mãe.

Lembrou de sua própria mãe.
Fora pobre e muitas vezes, em sua infância e adolescência, também desejara presentear sua mãe.
Quando conseguiu emprego, ela já havia partido para o mundo espiritual.

O garoto, com aquele gesto, estava mexendo nas profundezas dos seus sentimentos.
Do outro lado do balcão, o menino começou a ficar ansioso.
Alguma coisa parecia estar errada. Por que o homem não embrulhava logo o sabonete?

Ele já escolhera, pedira para embrulhar e até tinha mostrado as moedas para o pagamento.
Por que a demora? Qual o problema?

No campo da emoção, dois sentimentos se entreolhavam: a compaixão do lado do homem, a desconfiança por parte do garoto.

Impaciente, ele perguntou: "Moço, está faltando alguma coisa?"

"Não", respondeu o proprietário da loja. "é que de repente me lembrei de minha mãe.
Ela morreu quando eu ainda era muito jovem.
Sempre quis dar um presente para ela, mas, desempregado, nunca consegui comprar nada."

Na espontaneidade de seus doze anos, perguntou o menino: "nem um sabonete?"

O homem se calou.
Refletiu um pouco e desistiu da idéia de melhorar o presente do garoto.
Embrulhou o sabonete com o melhor papel que tinha na loja, colocou uma fita e despachou o freguês sem responder mais nada.

A sós, pôs-se a pensar.

Como é que nunca pensara em dar algo pequeno e simples para sua mãe?

Sempre entendera que presente tinha que ser alguma coisa significativa, tanto assim que, minutos antes, sentira piedade da singela compra e pensara em melhorar o presente adquirido.

Comovido, entendeu que naquele dia tinha recebido uma grande lição.

Junto com o sabonete do menino, seguia algo muito mais importante e grandioso, o melhor de todos os presentes: o gesto de amor!

Invista no amor. Ele é o mais poderoso meio de tornar as pessoas felizes.

Em qualquer circunstância, em qualquer data especial para determinadas comemorações, o mais importante não é o que se dá, mas como se dá.

Todo presente deve se revestir de sentimento e não deve haver diferenças entre homenagens a uma pessoa pobre ou a uma pessoa rica.

A expressão deve ser sempre do afeto. O que se deve dar é o coração a vibrar em amor.

O valor do presente não está no quanto ele vai aumentar o conteúdo das caixas registradoras, mas sim o quanto ele somará na contabilidade do coração.

Aproveito esta mensagem para desejar a todos um Feliz Natal e um ano novo muito abençoado pelas mãos de Nosso Senhor Jesus Cristo!!!

A Bíblia diz que “Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu filho único para que todo aquele que nEle crer não pereça mas tenha a vida eterna!”

Esse é o maior presente que poderíamos receber ... Presente de amor !!!"

Abraço !!!
Com amor,
Angela.

QUEM SOU EU

Podem me perguntar:
“Quem é você, Angela?”
É Católica, Protestante, Evangélica, Crente?
Vou lhe contar, só que do início irei começar.

Morei até os nove anos em Antônio dos Santos, pequeno distrito da cidade de Caeté, minha mãe nascera e vivera em uma fazenda perto de lá, era neta e filha de fazendeiros da região, meu pai é de Taquaraçu de Minas, também nasceu e cresceu em fazenda, meus avós paternos e maternos, criavam gados, faziam queijos, plantavam, faziam rapadura, etc

Tenho muita saudade do campo, era uma vida sem grandes problemas, tranqüila e pacata, perto da natureza, dos animais, mas, tudo muda e hoje tudo já foi vendido, infelizmente.

Quando eu tinha uns 7 ou 8 anos, nunca tinha dormido uma noite sequer longe de minha mãe, foi quando ela veio fazer uma consulta em Belo Horizonte, e o médico não a deixou retornar,de tão grave que era seu
seu estado de saúde e ela ficou três meses internada em B.H.

Foi uma época muito sofrida para todos e nessa época ela ganhou um Novo Testamento dado por um médico que se compadeceu com sua dor, segundo ele, ela chorava muito dizendo a Deus que não poderia morrer por causa de suas três filhas.

Na época um médico deu a ela apenas uns dois anos de vida, só que de Deus,vem última palavra, minha mãe viveu mais vinte e seis anos, e antes dela partir para o Senhor,reencontrarmos este doutor que orara por ela,, era o Dr. Célio Galante, que fez questão de vir visitá-la e Deus lhe concedeu o pedido e viu até dos netinhos, antes de partir para o Pai.

Meu pai é filho de pai Português,cuidou da irmã que perdera o marido e só depois se casou, viveu sempre uma vida tranqüila como ele é.
Nos dá grande exemplo de integridade, bondade e mansidão.
Tenho muito orgulho dos meus pais, aprendi muito com eles.
Devo a eles a educação que me deram.

Quando eu tinha nove anos, nos mudamos para Caeté,
Uma nova fase em nossas vidas, Caeté é uma cidade pequena, pacata,
muito cheia de religiosidade e lindas belezas naturais,
como a Serra da Piedade, lugar lindo onde todos deveriam conhecer.

Até os vinte e um anos, era raro o domingo que eu não ia à missa,
fazia sempre novenas, promessas, rezava o terço toda semana,
aos vinte anos, fui morar em Belo Horizonte onde trabalhava no
escritório da filial de uma fábrica de elevadores.

Aos vinte e um anos me casei e permaneci lá, até 2012,
quando por motivos profissionais de meu esposo, nos mudamos para uma linda cidade no sul de Minas.
Mas, voltando ao assunto,
como todo ser humano quando passa transtornos,
lutas, problemas, conflitos...se refugia em Deus, assim foi comigo.

Se antes eu buscava muito a Deus, tripliquei esta ânsia pelo Senhor,
pois estava passando por muitas provações,
que graças a Deus só aumentaram a minha fé.

Eu tinha um livrinho contendo o Novo Testamento, Salmos e Provérbios,
dado por Celina, uma prima de Itabira, dos Gideões Internacionais,
alguém havia passado cola naquelas páginas e para eu ler eu ia descolando as folhas, as vezes até rasgava.
Quando passamos por luta, tudo parece mais difícil, não é?

E ao ler aquele pequeno livro, parecia que eu havia encontrado um oásis,
lia e decorava os Salmos, os Provérbios, e neles meditava de dia e de noite.
Lia as cartas do apóstolo Paulo, os quatro Evangelhos.

Mas, como já disse (na carta Tributo ao amor)
anos depois Deus me retribuiu,
quando ganhei outro Novo Testamento, só que desta vez,
com uma linguagem bem fácil de entender.
Denominado "O mais importante é o amor" e
como Deus usou aquele pequeno livro para falar tremendamente ao meu coração!!!!!

Desde criança, minha vida era muito religiosa,
eu dizia que queria ser freira, como minha mãe também dizia.
Tanto ela queria, que para a idade que se casavam na sua época,
ela demorou para se casar.

Eu participava fielmente de todas as programações da igreja Católica,
Semana Santa, mês de Maio, Quaresma, novenas de Natal,etc.
Mas sempre algo dentro de mim ardia, e eu buscava Deus.
Como? Onde? Em vários lugares fui.

Só que me faltava algo, havia um oco em meu coração,
não sabia o que era.
Ler aquele livrinho era para mim um refrigério,
um calmante em meio a tempestade.

Me formei em Caeté no Colégio Estadual José Brandão,
onde cursei o colegial e o Curso Técnico em Contabilidade.
Passei no vestibular em uma Faculdade particular, curso de Administração,
só me formei graças ao Programa de Crédito Educativo,
foi a realização de um sonho, cursar um ensino superior.

E na faculdade participava do clube de oração,
onde nos reuníamos nos intervalos das aulas,
para orar, ler a bíblia, conversar sobre os problemas
e interceder uns pelos outros.
Como eram abençoados estes encontros,
como foi importante para o meu crescimento espiritual!

E a partir daí, comecei a ir em igrejas evangélicas
(Quadrangular, Universal, Da Graça, etc.) em meados de 1993/94.
Mas, por terem doutrinas diferentes, fiquei muito confusa,
pois, ia desordenadamente, a qualquer uma igreja.

Tempos depois me vi num conflito, não me reconhecia.
Não sabia quem eu era, devido a tantos problemas.
Casamento em situação ruim,
distante da família física e emocionalmente.

Conflitos internos, emocionais, religiosos, etc.
De repente, resolvi voltar para a Católica, mas também não era lá.
Cheguei a conclusão que o problema era comigo,
mas, foi aí que Deus me estendeu a mão!

Vi que o homem é falho,
que igreja perfeita, eu nunca iria encontrar.
E com Jesus Cristo me apeguei com toda força e intensidade,
um ano fiquei a orar e pedir ao Senhor para me direcionar.

Enquanto não a li a Bíblia toda, não sosseguei,
e lia e as vezes nada entendia,
o Senhor aos poucos, cada detalhe, me esclarecia.
O Espírito Santo, a cada indagação respondia.

Aceitei a Jesus Cristo como meu único Senhor e Salvador,
a partir de então, uma paz instantânea invadiu meu ser
Ele foi me moldando, me direcionando ao bom caminho...

Sabe, irmão, aceitar a Jesus como Senhor e Salvador é diferente,
há uma paz que reina em nosso coração,
e olhe que eu já havia passado pelas águas,
já havia lido a Bíblia toda, mas,
a paz só encheu meu coração quando confessei Jesus Cristo,
como meu único Senhor e Salvador.

Foi em uma igreja Metodista que aceitei o apelo
e confessei a Jesus como único Senhor e Salvador.
Foi em um dia que Jesus marcou um encontro comigo,
confesso que naquele dia morrer seria melhor que viver.

Foi quando um irmão Élcio, me perguntou se queria aceitar
Jesus como único Senhor e Salvador.
Respondi que sim e ele orou e confessei com meus lábios e
saí dali mais leve, não estava mais sozinha, tinha convicção da presença de Deus na minha vida.
Foi em meados de julho de 2006.

E na Faculdade não só cresci em conhecimentos,
E o Senhor nos abençoava tremendamente nos estudos!
Toda faculdade poderia ter estes grupos de oração.
Como são edificantes!

Em uma destas reuniões, em um dia que estava muito deprimida,
e copiosamente chorava sem cessar!
Foi neste dia que ganhei aquela pérola que antes mencionei
(Consta também na Carta Tributo ao Amor)
que foi o Novo Testamento intitulado:
"O Mais Importante é o Amor".

Podem me perguntar, mas, é só o novo testamento.
Mas, com a ajuda do Espírito Santo, o li e o entendi de uma forma que nunca havia entendido.
Não é pela linguagem mais fácil, mas, é pelo auxílio do Espírito Santo.

O Reino de Deus é comparado a um pérola de grande valor, a um tesouro escondido, água da vida que Deus dá gratuitamente a Seus filhos.
“... e, tendo achado uma pérola de grande valor,
vende tudo o que possui e a compra.” (Mt 13:46)
E nesta nova fase da minha vida em que já havia lido toda a Bíblia,
li e reli o Novo Testamento, que é a simples e pura mensagem da cruz.

Sim esta é a pérola mais preciosa, mais rica e o que é melhor,
não precisamos pagar nada por ela, é gratuita!
Toda a Bíblia é divinamente inspirada para nos abençoar, mas,
o Novo Testamento, é a pérola valorosa, é a essência, a fonte das águas vivas!

Em todas as igrejas onde fui, aprendi muito,
cresci no conhecimento da palavra de Deus.
Sempre me trataram com carinho e atenção.

Nas Católicas, Quadrangular, Universal, Deus é Amor,
Assembléia de Deus,Internacional da Graça de Deus,
e em uma outra fase,ia à Metodista, Presbiteriana, várias Batistas.

Retive o que é bom, pois, tudo contribui para o bem,
tudo coopera para o nosso crescimento,
quando amamos a Deus.

Desde l996 até então, tenho permanecido em Igrejas Batistas,
não por ser melhores que as outras, mas, resolvi ficar quieta em uma só denominação,
por uma questão doutrinária.

Fui voluntária respondendo cartas que a igreja e os ministérios recebiam,
escrevi centenas de cartas a presidiários,
pessoas passando por problemas seríssimos.

Servir a Deus é algo muito lindo!
É como diz a canção: “eu só quero estar onde Tu estás,
leva-me pra onde estás”(desconheço o autor),
gosto de ir aos cultos, escrever minhas cartas...

Sou grata aos que me exortaram.
Não conhecia Jesus Cristo como eu O conheço hoje,
o via sempre em crucifixos, morto.
Hoje O vejo ressuscitado, vivo, presente, sempre a me guiar!
É diferente. Sua presença é forte em mim.

Sei que meus pais se entristeceram um pouco comigo,
sei que os fiz chorar, porque em outra igreja resolvi estar.
Eles são muitos Católicos, me casei na igreja Católica.
Também me entristeço por magoá-los, as vezes é um conflito para mim.

Algo que lembra minha infância coisas de Minas.
Creio que um dia meus pais entenderão minha decisão.
Mas não, não, posso, não conseguiria me prostrar diante de algo feito
por mãos humanas, não desagradaria ao Deus que me salvou.

As vezes por isto, se é jogado na cova dos leões, ou na fornalha ardente,
mas, de tudo isto o Senhor nos livra.
Não, não é fácil, é uma dor forte.
Queria que meus pais e tios me perdoassem se os magoei, amo vocês.

Sinto, como diz a palavra:
Dores de parto, juntas e medulas se dividirem,
a carne dói, espinhos na carne.
E assim nasceu cada carta, cada palavra.

Precisava trabalhar fora, mas,
o meu coração palpitava por cartas,
por escrever estas Cartas,
O chamado de Deus sempre foi muito forte dentro de mim,
arde em meu coração.
Em outros serviços, não conseguia me concentrar.

Joguei meu “eu” por terra, para satisfazer Aquele que me chamou,
“Aquele que quiser me seguir, negue-se a si mesmo...
quem quiser salvar a sua vida perdê-la-á, mas quem perder a sua vida por minha causa e por causa do Evangelho, achá-la-á-”(Lc 9:23)

Ninguém entendia, porque em emprego não conseguia mais parar.
Um chamado eu tinha para realizar, chamado "cartas".
O Senhor tinha me mostrado, que a escrever, deveria estar.
Tudo mais Ele me supriria, mas, de mim precisaria para falar.

Eis-me aqui, respondi,
usa-me para meu irmão eu poder abençoar,
e ao Seu Santo nome glorificar!

Já sabia que algo grande, Deus, através de nossas vidas faria.
Aos sete ou oito anos, ainda morava em Antônio dos Santos e em uma visão,
de uma forma indescritível, eu contava algo para minha família.
Algo que eu havia descoberto, algo muito importante!

E eles ao meu redor, me ouviam com muita atenção.
Sempre fiquei a pensar o que seria, foi algo tão real!
Hoje sei o que é: Meu encontro com Jesus Cristo vivo.

“Eu vou buscar a paz que Deus me deu, a terra que em sonho vi,
vem dar-me a tua mão, guia-me até o fim , conduzir-me além do céu,
no mar de amor, de amor” (Desconheço o autor - Cantora:Talita)

Sim, uma terra de paz, uma terra onde não há guerra,
um Brasil justo, digno,
sim, como Deus sempre planejou,
e sei que pode ser real.

“Ao Rei dos reis consagro, tudo o que sou, em versos,
louvores transborda meu coração,
a minha vida eu entrego nas Tuas mãos meu Senhor,
pra te exaltar com todo amor!

Celebrarei a Ti ó Deus, com meu viver, pois,
por Tuas mãos foram criados terra,
céu e mar e todo ser que neles há.

Toda a Terra celebra a Ti com cânticos de júbilos,
pois, Tu és o Deus Criador...
A honra, a glória, a força e o poder ao Rei Jesus, e o louvor ao Rei Jesus”.
(Desconheço o autor - cantora: Aline Barros)

Se eu não coroei no mês de maio aos seis anos,
pois, coloquei a coroa no chão,
creio que era porque eu deveria coroar só ao Rei dos reis,
ao Senhor dos senhores: Jesus Cristo.

Então?
Deu para saber um pouco sobre mim, sobre quem sou?
Quem sou eu?
Eu sou aquela que segue a Jesus Cristo.


Existe uma canção que desde pequenina lá em Antônio dos Santos,
eu cantava e me punha nela a meditar,
não sei o nome do autor, assim dizia:

“Um dia uma criança me parou, olhou-me nos meus olhos a sorrir,
caneta e papel na sua mão,tarefa escolar para cumprir,
e perguntou no meio de um sorriso o que é preciso para ser feliz?

Amar como Jesus amou, pensar como Jesus pensou, viver como Jesus viveu,
sentir o que Jesus sentia, sorrir como Jesus sorria,
e ao chegar ao fim do dia, sei que dormiria muito mais feliz (Refrão)

Ouvindo o que eu falei ela me olhou, e disse que era lindo o que eu falei,
pediu que eu repetisse por favor, mas não falasse tudo de uma vez,
e perguntou de novo num sorriso, o que é preciso para ser feliz?

Amar como Jesus amou... (refrão)

Depois que eu terminei de repetir, seus olhos não saiam do papel,
toquei em seu rostinho a sorrir, pedi que eu transmitir fosse fiel,
e ela deu-me um abraço demorado, e ao meu lado foi dizendo assim:

Amar como Jesus amou...(refrão)

(Desconheço o autor)

Uma vez ouvi sobre a história de um homem chamado Tango
(o que inventou o ritmo que leva o seu nome)
ele uma vez escreveu uma linda canção,
um rico empresário queria comprá-la,mas ele não quis vendê-la.

Então sob um monte de ameaças, chantagens e armações,
o pobre homem acabou sendo preso injustamente.
Enquanto ele estava na prisão, seus “amigos”,gravaram um disco,
cujas letras eram baseadas no que ele havia escrito.

E muito tempo depois ao sair da prisão,
ele andando pela rua ouviu algo semelhante ao que ele havia escrito.
Ele ficou muito revoltado por seus “amigos”
fazerem aquilo sem lhe comunicar.

Ele dizia que aquilo não tinha nada a ver com a essência
do pensamento puro que ele havia tido ao escrever a canção.
Ficou tão revoltado que cometeu atos rebeldes acabando sendo
julgado como louco, foi internado e tempos depois suicidou.

É uma história muito triste que acontece com várias pessoas,
que são injustiçadas por lutarem por um ideal puro,
um dom tão lindo que Deus deu, que talvez tenha vindo com sofrimento
renúncia e outros vêm pegam e simplesmente empossam daquilo.

A pessoa que sofre algo semelhante,
se não tiver firmada na rocha que é Jesus Cristo,
não conseguir renunciar aos próprios sentimentos e perdoar,
realmente é capaz de cometer um ato triste como o deste homem.

Quantos discípulos do Senhor perderam a vida,
simplesmente por não O negar.
Se assim fizeram com o nosso Mestre que dirá conosco.
Um dia eu ouvi uma canção da cantora Melissa, dizia assim:

“Nos faz fortes soldados rumo a conquista,
Mesmo que a batalha seja dura, vencerá só quem procura o amor...
O amor tudo pode e tudo supera é um dom real...
Nada pode matar, nem distância, nada é barreira...”

Lembro-me que chorei muito ao ouvir esta canção,
Estava tão triste naquele dia, tão sem esperança!
Percebi a falta de amor, de reconhecimento.

Passei esta canção e a visão de um Brasil restaurado,
passei a visão...
Bom o que importa é que o realmente o Brasil está sendo restaurado pelo poder de Deus e Ele tem feito grandes obras e fará muito mais. Amém.

Peço aqui, a Deus que se compadeça de todos os homens bons e maus,
que derrame bondade nos corações, tire toda pretensão, ambição,
que saibam reconhecer e valorizar, sem ter inveja e querer tudo só para si,
as aptidões do outro, pois, neste mundo há lugar para todos.

Vou lhe contar uma coisa:
Para o Senhor ouvir e responder nossa oração,
não podemos contemplar a iniqüidade, ou seja, achar bonito, certo,
o que é iníquo, o que é pecado, enfim, o que desagrada a Deus.

Assim o Salmo 66:18:

“Se eu contemplasse a iniqüidade em meu coração,o Senhor não me ouviria”.
Tantos homens, até mesmo da Bíblia, pecaram por contemplar a iniqüidade!
Ah,mas se eles tivessem conhecido Jesus Cristo!!!!!
Creio que não teriam caído, não teriam sido mortos, não teriam pecado.

A questão do pecado é muito relativa. O que é pecado?
Pecado é quando erramos o alvo. Que alvo?
Aquilo que Deus tem de melhor para nós.

É tudo aquilo que nos causa peso, culpa,
ou que vai contra a palavra de Deus, é pecado.
Quando vim para Belo Horizonte, algo me causava culpa,
uma coisa que para muitos , ou a maioria é tolice minha.

Sou meio da roça e não me importo que me chamem de “roceira”,
mas a verdade é que eu me sentia muito mal em Shoppings Centers,
parecia que eu estava pecando indo naquele lugar.
Pensava naqueles que não tinham condições de ir lá.

Quando ia, queria sair logo dali, hoje me acostumei,
se tornou algo mais acessível a todos,hoje vou,
mas, se eu dissesse que gosto, estaria mentindo.

Minha filha e meu marido gostam, então vou com eles.
Talvez não seja pecado, mas para mim era.
Não podemos julgar quem gosta.

“Para mim a chuva no telhado é cantiga de ninar,
mas ao pobre meu irmão para ele a chuva é fria,
vai entrando em seu barraco e faz lama pelo chão,
como posso ter sono sossegado, se no dia que passou
os meus braços eu cruzei”.(Autor desconhecido para mim).

Se há algo em nós que nos sentimos culpados ou se estamos em pecado,
o Senhor não ouvirá nossa oração, por isto devemos desviar nossos olhos,
de toda pornografia, idolatria, enfim de tudo que há em nosso coração,
em nossa mente, que desagrada a Deus, assim nossa oração será respondida.

Quero contar um exemplo de algo que foi resposta de oração:
Creio que o sonho da maioria das mulheres é ser mãe.
Depois de três anos de casada, sentia muita falta de ter um bebê,
tomava contraceptivo, mas, esperava a resposta de Deus para parar de tomar e engravidar e enfim chegou o tempo de Deus para mim.

Nesta época eu estava lendo pela primeira vez o Antigo Testamento
Como em 1 Sm 1,eu disse ao Senhor que lhe dedicaria o filho que Ele me desse, educaria em Seus caminhos na admoestação e no conhecimento da Sua palavra, faria tudo na direção de Deus.

Só que não pedi filho varão, para mim poderia vir menino ou menina,
no dia que terminei de ler o último capítulo do Antigo Testamento a concebi,
ou seja, no dia 13/08/95 e exatos nove meses depois ela nasceu em 12/04/96.

Tenho tentado seguir as orientações do Senhor, em como educá-la.
Não como minha família queria, ou meu esposo, nem como eu fui educada,
mas da forma como o Senhor tem planejado, tem me instruído,
tenho-a feito seguir o caminho do Senhor, educando-a na Palavra.

Ela é um divisor de águas em minha história, como para toda mãe
a história se divide em antes de ser mãe,
e depois que se é mãe.
Foi uma gravidez de lutas,muitas lutas,
naquela noite eu sabia que algo diferente ocorrera, engravidara.
Resposta de oração, concretização de um sonho, para a glória do Senhor.

E hoje está aí, minha linda, Wanessa.
Como em tudo na minha vida, tenho seguido sempre as orientações de Deus,
ela está sendo instruída em princípios cristãos, não em uma religião,
com doutrinas, etc, mas no cristianismo puro e simples como ele é.

Há algo interessante que quero contar:
Deus me envia mães.
Minha querida mãe, dona Rosa, como já mencionei,
com ela aprendi princípios e valores éticos, rígidos, sólidos e muito preciosos.

E quando o Senhor recolheu minha mãe Rosa,
Ele me mandou dezenas de mães,
pessoas que me ajudam e oram por mim, graças a Deus.
Deus é fiel e nunca nos desampara.

Sei que minha mãe está com o Senhor a saudade é grande
mas, o Espírito Santo me consola.
Pois, tudo isto é para a glória do Senhor.

Hoje tenho mais um novo presente de Deus, João Pedro
um ano antes de tê-lo Deus o havia me prometido.
É um milagre de Deus.

Estava passando por sérios problemas de saúde,
Havia dias que pensava que não iria conseguir ir até o fim da gravidez,
mas, para honra e glória do Senhor ele nasceu em 29/07/08.

Veio para encher o meu coração de alegria,
é um menino meigo, alegre, inteligente, louvo a Deus
todos os dias, pois, os filhos são dádivas do Senhor.

Não ia escrever agora, mas, Deus fez comigo,
como a história da águia faz com seus filhotes, empurrando-os para voar.
Ele o fez através de circunstâncias: um dia estava bem, no outro dia,
fiquei enferma e fui para no bloco cirúrgico.

Deus então, me mostrou, que hoje estamos aqui, amanhã não sabemos.
Como podemos planejar para daqui a anos,
sendo que não sabemos se vamos ter o amanhã?!
Então, resolvi o mais rápido escrever estas páginas, para a glória do Senhor!

Deus levanta homens, coisas, situações, para através disto,
nos mostrar a Sua infinita soberania e poder.
Mostrar que Ele têm o controle das nossas vidas,
que acima de nós, tem Ele e que somos guiados por Ele.

Em tempos difíceis, vi que o amor estava esfriando nos corações,
que os homens estavam ficando insensíveis,
clamei a Deus e a Ele fiz muitas orações.
E Deus levantou várias pessoas para falarem de amor.

O Senhor a um pouco tempo atrás me instruiu a cursar Teologia,
confesso que não tinha condições físicas nem financeiras para tal,
mas, Ele é o Deus do impossível e quando Ele abre uma porta, ninguém fecha.
E foi com luta mas, consegui me formar.
Acrescentou muito em meus conhecimentos em relação a igreja, a Bíblia, etc.
Me formei em 2011 para a glória do Senhor e a Ele consagro também este diploma,
como minha própria vida, filhos, casamento, casa, etc.

Então nesta hora Pai, entrego meu caminhar,
meus sonhos, minhas dores, fraquezas, ...
tudo isto ponho, Senhor, em Sua mão.

E que minha vida seja para o Seu louvor,
para abençoar Seu povo de alguma forma,
ajudar a caminhada de Seus filhos.
Quando ajudamos somos abençoados.

Deus lhe abençoe!

Com amor,
Angela Maria.