"Ele está de braços abertos a lhe esperar, Ele está a lhe dizer, que o ama... Jesus te ama!!"

"Ele está de braços abertos a lhe esperar, Ele está a lhe dizer, que o ama...       Jesus te ama!!"

ATENÇÃO

OLÁ AMIGOS, MEU NOME É ANGELA, ESTE É UM TRABALHO INTERDENOMINACIONAL.
SOU EVANGELISTA E PROCURO CUMPRIR ESTA LINDA TAREFA DE LEVAR A PALAVRA DE DEUS ÀS PESSOAS, PARA HONRA E GLÓRIA DO NOME DO SENHOR JESUS.
ESTE BLOG SURGIU PELA SUGESTÃO DE UMA AMIGA, POIS, HAVIA ESCRITO UM LIVRO, E COMO NÃO TIVE A POSSIBILIDADE DE PUBLICÁ-LO, DEPOIS DE 5 ANOS GUARDADO, ELA ME SUGERIU EM 2010, COLOCÁ-LO EM UM BLOG.
FOI O QUE FIZ, O LIVRO É COMPOSTO DE CARTAS, AS QUAIS, IRÃO APARECER EMBAIXO NA TELA, POR SER UM BLOG E NÃO UM SITE.
PARA VISUALIZAR O LIVRO NA ÍNTEGRA, CLIQUE EM 2010.
ALÉM DAS CARTAS, POSTO O QUE EU ESCREVO OU DE OUTROS AUTORES, QUE LEIO E ACHO INTERESSANTE COMPARTILHAR.
QUE DEUS OS ABENÇOE MUITO!!!!!!!!
LEIA E COMPARTILHE!
GRAÇA E PAZ!
COM AMOR EM CRISTO JESUS,
ANGELA

Páginas

Arca de Noé... Arca da Aliança... JESUS ARCA DE AMOR!

Em Mt 24:12 está escrito: "E por se multiplicar a iniquidade, o amor se esfriará de quase todos". Se Deus é amor, e se o amor esfriar, o próprio Deus se esfriará nos corações. Que coisa terrível! Deus se esfriando em nossas vidas! Mas Ele disse de: "quase todos", ou seja haverá aqueles nos quais o amor, não se esfriará. Aleluia! Louvado seja Deus por isto. Então, este Blog, é uma tentativa de barrar este processo, não deixando que este amor se esfrie nunca. Pois, foi por amor que Ele morreu por mim e por ti. E nunca deixaremos de amá-Lo, nem aos Teus filhos. Amém

EXPLICAÇÃO DO TÍTULO

• No tempo do Antigo Testamento, o coração do homem se corrompeu de tal forma que Deus se arrependeu de tê-lo feito, pois este se tornou mau, olhando apenas o que os olhos podiam ver, esquecendo-se do que se passa no interior do ser humano, os sentimentos e virtudes.
E Deus achou em Noé um homem justo e o salvou e também a sua família ordenando-o a construir uma arca.

Chamada de
ARCA DE NOÉ.

• No tempo de Moisés, Deus ordenou que se fizesse uma caixa na qual estariam os Dez Mandamentos dentre outros itens, ela era de madeira de acácia revestida de ouro puro, ficava num lugar chamado Tabernáculo, dentro do Santo dos Santos e só os sacerdotes tinham acesso a ela, uma vez por ano, no Tabernáculo também se sacrificavam cordeiros, bodes, etc, pois, acreditavam que o sangue destes animais os purificava de pecados.

Esta arca se chamava, ARCA DA ALIANÇA.

• Mas, Aleluia! Deus enviou Seu Filho Unigênito para derramar Seu sangue para perdão dos pecados da humanidade inteira, “o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo”, e de uma vez por todas, levou sobre Ele nossos pecados, não havendo mais necessidade de sacrifício de animais, e ao morrer, o véu que separava o Santo dos Santos do Tabernáculo, foi rasgado de alto a baixo, ou seja, isto significa, que o lugar em que se tinha acesso a Deus, uma vez por ano, e só o sacerdote poderia entrar, com o sacrifício de Jesus, todos os seres humanos, podem ter esse acesso à presença Dele, 24 horas por dia, o ano inteiro, como era desde o início da criação, quando o homem tinha plena comunhão e acesso a Deus. Ou seja, Jesus nos resgatou de volta ao nosso Criador. Restaura o coração corrompido pelo pecado e afastado de Deus, nos levando de volta a presença do Pai.

Onde a Arca da Aliança estivesse, aquele lugar era abençoado, pois, ela simbolizava a presença de Deus.
Com a morte e ressurreição de Jesus, ali em Pentecostes, o Espírito Santo foi derramado, sobre as pessoas, nos tornando esse templo (lugar de morada de Deus), e portanto, somos abençoados onde formos, pois, o Espírito Santo de Deus habita em nós.
" Deus nos amou de tal maneira que deu Seu filho Unigênito para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas, tenha vida eterna”. (Jo 3:16)
AMOU, foi por amor que Ele nos salvou, por isto, o título:
JESUS, ARCA DE AMOR!

****************************************************************
QUEM SOU EU
Meu nome é Angela, sou casada, tenho dois filhos, sou do estado de Minas Gerais, e, através de um chamado de Deus, trabalhei muitos anos, com pessoas com problemas diversos,
presidiários, etc.
Escrevendo cartas, com base evangelística para várias lugares do Brasil, hoje continuo escrevendo cartas específicas, para cada situação difícil do cotidiano das pessoas, dilemas com drogas, casamentos, depressão, enfermidades, perdas de entes queridos, etc.
Meu plano inicial, era publicar em um livro, as quase 300 páginas que eu havia escrito, mas, não foi possível, pelo alto custo.
Foi então, após estas cartas ficarem guardadas quase 5 anos, resolvi publica-las neste Blog.
O livro foi postado em 2010.
É só clicar lá.
Não recebo recursos financeiros por este trabalho, mas, creio que a recompensa vem do alto.
O que peço é a proteção para minha família, em especial meus filhos, marido...
São palavras, vindas do coração de Deus, pois, foi em lágrimas e lutas, que muitas delas escrevi.
Sou, apenas um instrumento nas mãos do Senhor, para levar a Palavra Dele.
Me formei em Administração (não exerço a profissão) e Teologia, além de estudar a Palavra de Deus, anos a fio, com lutas e provações.

Muitas coisas não coloco só como teoria, pois, várias senti na carne e no espírito, então foi experiência vivida, que Deus me permitiu passar, para ajudar quem estivesse passando pelos mesmos problemas.

O que procuro fazer, é ser fiel nas palavras que Deus coloca em meu coração, e faço o possível, para transmiti-las da forma mais coerente e eficaz possível.

Espero, que este Blog possa te ajudar a passar pelas lutas e dificuldades, possa também, levar a você a alegria e a paz que só Jesus pode dar e saber que por maior que seja a luta, você não está só, tem pessoas que (se você procurar uma igreja) te ajudarão em oração e o Senhor estará contigo para te livrar e te ajudar.

Deus lhe abençoe e saiba que você é muito amado por Deus.
Um grande abraço.
Com amor, em Cristo,
Angela.

Meu e-mail é: amserrap@yahoo.com.br
Dê sua sugestão, opinião, diga o que achou do Blog.
Para mim, é muito importante seu comentário.
Obrigada!







MENSAGENS DE EXORTAÇÃO

30 abril, 2011

"EM TUDO DAI GRAÇAS" (2 Ts 5:18)

"Uma mulher acordou uma manhã após a quimioterapia,

olhou no espelho e percebeu que tinha somente três fios de cabelo na cabeça.

- Bom (ela disse), acho que vou trançar meus cabelos hoje.

Assim ela fez e teve um dia maravilhoso.

No dia seguinte ela acordou, olhou no espelho

e viu que tinha somente dois fios de cabelo na cabeça...

- Hummm (ela disse), acho que vou repartir meu cabelo no meio hoje.

Assim ela fez e teve um dia magnífico.

No dia seguinte ela acordou,

olhou no espelho e percebeu que tinha apenas um fio de cabelo na cabeça.

- Bem (ela disse), hoje vou amarrar meu cabelo como um rabo de cavalo.

Assim ela fez e teve um dia divertido.

No dia seguinte ela acordou,

olhou no espelho e percebeu que não havia um único fio de cabelo na cabeça.

- Yeeesss... (ela exclamou), hoje não tenho que pentear meu cabelo.

ATITUDE É TUDO!

Seja mais humano e agradável com as pessoas.

Cada uma das pessoas com quem você convive está travando algum tipo de batalha.

Viva com simplicidade.

Ame generosamente.

Cuide-se intensamente.

Fale com gentileza.

E, principalmente, não reclame!!! "

(Desconhço o autor)

Deus conhece o mais profundo do nossos ser e
só a Ele devemos levar as nossas lamentações,
em clamor, e Ele, a Seu tempo enviará alívio
para todas as nossas dores e angústias,
no mais, temos que viver como está escrito em
2 Tessalonicences 5:18 e 5:16
"Em tudo dai graças, porque esta é a
vontade de Deus em Cristo para convosco".

"Regozijai-vos sempre" (Regozijar é se alegrar)
Com amor,
Angela

25 abril, 2011

TEMOS MUITO QUE APRENDER COM OS JAPONESES

As vezes os cristãos são radicais com os que não professam a mesma fé.
Mas, o Ap. Paulo disse em sua 2ªcarta aos Tessalonicences 5:21B: "...retende o que é bom".
Li este e-mail sobre os japoneses e seu comportamento exemplar em meio a tragédia do tsunami.
Leiam:

"Lição de Vida para o Mundo (estamos incluidíssimos nele)

LIÇÃO DE VIDA
A carta abaixo foi escrita por um imigrante vietnamita
que é policial no Japão (Fukushima).
Foi enviada a um jornal, em Shangai,
que traduziu e publicou.
Eu procurei ser o mais fiel possível ao texto original.

Como estão você e sua família?
Estes últimos dias tem sido um verdadeiro caos.
Quando fecho meus olhos, vejo cadáveres e quando os abro,
também vejo cadáveres.
Cada um de nós está trabalhando umas 20 horas por dia e mesmo assim,
gostaria que houvesse 48 horas no dia para poder
continuar ajudar e resgatar as pessoas.
Estamos sem água e eletricidade e as porções de comida estão quase a zero.
Mal conseguimos mudar os refugiados e logo há ordens para mudá-los para outros lugares.
Atualmente estou em Fukushima – a uns 25 quilômetros da usina nuclear.
Tenho tanto a contar que se fosse contar tudo,
essa carta se tornaria um verdadeiro romance sobre relações humanas e comportamentos durante tempos de crise.
As pessoas aqui permanecem calmas –
seu senso de dignidade e seu comportamento são muito bons –
assim, as coisas não são tão ruins como poderiam.
Entretanto, mais uma semana, não posso garantir que
as coisas não cheguem a um ponto onde não poderemos
dar proteção e manter a ordem de forma apropriada.
Afinal de contas, eles são humanos e quando
a fome e a sede se sobrepõem à dignidade,
eles farão o que tiver que ser feito para conseguir comida e água.
O governo está tentando fornecer suprimentos pelo ar enviando comida e
medicamentos, mas é como jogar um pouco de sal no
oceano.
Irmão querido, houve um incidente realmente tocante que envolveu um garotinho
japonês que ensinou um adulto como eu uma lição de como se comportar como um
verdadeiro ser humano.
Ontem à noite fui enviado para uma escola infantil para ajudar uma organização de

caridade a distribuir comida aos refugiados. Era uma fila muito longa que ia longe. Vi
um garotinho de uns 9 anos. Ele estava usando uma camiseta e um par de shorts.
Estava ficando muito frio e o garoto estava no final da fila. Fiquei preocupado se, ao
chegar sua vez, poderia não haver mais comida. Fui falar com ele. Ele disse que estava
na escola quando o terremoto ocorreu. Seu pai trabalhava perto e estava se dirigindo
para a escola. O garoto estava no terraço do terceiro andar quando viu a tsunami levar o
carro do seu pai.

Perguntei sobre sua mãe.
Ele disse que sua casa era bem perto da praia e que sua mãe e sua irmãzinha
provavelmente não sobreviveram.
Ele virou a cabeça para limpar uma lágrima quando perguntei sobre sua família.
O garoto estava tremendo.
Tirei minha jaqueta de policial e coloquei sobre ele.
Foi ai que a minha bolsa de comida caiu.
Peguei-a e dei-a a ele.
“Quando chegar a sua vez, a comida pode ter acabado.
Assim, aqui está a minha porção. Eu já comi. Por que você não come”?
Ele pegou a minha comida e fez uma reverência.
Pensei que ele iria comer imediatamente, mas ele não o fez.
Pegou a bolsa de comida, foi até o início da fila e colocou-a onde todas as outras
comidas estavam esperando para serem distribuídas.
Fiquei chocado. Perguntei-lhe por que ele não havia comido ao invés de colocar a
comida na pilha de comida para distribuição. Ele respondeu: “Porque vejo pessoas com
mais fome que eu. Se eu colocar a comida lá, eles irão distribuir a comida mais
igualmente”.
Quando ouvi aquilo, me virei para que as pessoas não me vissem chorar.
Uma sociedade que pode produzir uma pessoa de 9 anos que compreende o conceito de
sacrifício para o bem maior deve ser uma grande sociedade, um grande
povo.
Bem, envie minhas saudações a sua família. Tenho que ir, meu plantão já
começou.

Ha Minh Thanh
Vejam que interessante - morreram mais de 15 mil pessoas no Japão - em dois desastres
que fazem com que as nossas enchentes sejam coisas evitáveis (e são, basta as pessoas
terem vergonha na cara!). O que podemos aprender com o Japão?

DEZ COISAS A SEREM APRENDIDAS COM O JAPÃO
1 – A CALMA
Nenhuma imagem de gente se lamentando, gritando e reclamando que “havia perdido tudo”. A tristeza por si só já bastava.
2 – A DIGNIDADE
Filas disciplinadas para água e comida. Nenhuma palavra dura e nenhum gesto de desagravo.
3 – A HABILIDADE
Arquitetos fantásticos, por exemplo. Os prédios balançaram, mas não caíram.
4 – A SOLIDARIEDADE
As pessoas compravam somente o que realmente necessitavam no momento. Assim todos poderiam comprar alguma coisa.
5 – A ORDEM
Nenhum saque a lojas. Sem buzinaço e tráfego pesado nas estradas. Apenas compreensão.
6 – O SACRIFÍCIO
Cinqüenta trabalhadores ficaram para bombear água do mar para os reatores da usina de Fukushima. Como poderão ser recompensados?
7 – A TERNURA
Os restaurantes cortaram pela metade seus preços. Caixas eletrônicos deixados sem qualquer tipo de vigilância. Os fortes cuidavam dos fracos.
8 – O TREINAMENTO
Velhos e jovens, todos sabiam o que fazer e fizeram exatamente o que lhes foi ensinado.
9 – A IMPRENSA
Mostraram enorme discrição nos boletins de notícias. Nada de reportagens sensacionalistas com repórteres imbecis. Apenas reportagens calmas dos fatos.
10 – A CONSCIÊNCIA
Quando a energia acabava em uma loja, as pessoas recolocavam as mercadorias nas prateleiras e saiam calmamente."


Queridos,
que Deus nos dê serenidade nos momentos difíceis e que possamos nos compadecer com os sofrimentos alheios.
Com amor,
Angela.

20 abril, 2011

DEVEMOS SER GRATOS A DEUS POR TUDO

Sou grato a Deus...
(Desconhço o autor)

"Por minha mulher...
por ela dizer que teremos cachorro-quente ao jantar, porque ela está em casa comigo!

Pela adolescente lá de casa...
que está reclamando por ter que lavar a louça, porque isso significa que está em casa, e não nas ruas!

Pelas broncas do chefe...
pois isto significa que estou empregado!

Pela bagunça que restou depois da festa...
porque isto significa que estive rodeado de amigos!

Pelas roupas que estão ficando apertadas...
porque isso significa que tenho mais que o suficiente para comer!

Pela minha sombra que me observa em ação...
porque isso significa que estou fora, ao sol!


Pela grama que precisa ser cortada, pelas janelas que precisam ser limpas e pelas calhas que preciso consertar...
Porque isso significa que tenho uma casa!

Pela vaga que achei bem no final do estacionamento...
porque isso significa que posso caminhar e que tenho meio de transporte!

Pela conta monstruosa de energia que pago...
porque isso significa que estou sempre confortável!

Pela senhora desafinada que canta atrás de mim na Igreja...
porque isso significa que posso ouvir!

Pela pilha de roupas para lavar e passar...
porque isso significa que tenho roupa para vestir!

Pelo cansaço e músculos doloridos ao final do dia...
por que isso significa que fui capaz de dar duro o dia inteiro!

Pelo alarme que desligo pela manhã...
porque isso significa que continuo vivo!

E sou grato a Deus pelas pessoas que são meus colegas de trabalho...
porque tornam o trabalho mais interessante e divertido!

E, finalmente, por receber e-mails demais...
pois isso significa que um monte de amigos pensa em mim!"
(Desconheço o autor)

Será que temos reclamado demais?
Que Deus nos perdõe tanta murmuração.

Uma semana de paz!

Deus abençoe!!