"Ele está de braços abertos a lhe esperar, Ele está a lhe dizer, que o ama... Jesus te ama!!"

"Ele está de braços abertos a lhe esperar, Ele está a lhe dizer, que o ama...       Jesus te ama!!"

ATENÇÃO

OLÁ AMIGOS, MEU NOME É ANGELA, ESTE É UM TRABALHO INTERDENOMINACIONAL.
SOU EVANGELISTA E PROCURO CUMPRIR ESTA LINDA TAREFA DE LEVAR A PALAVRA DE DEUS ÀS PESSOAS, PARA HONRA E GLÓRIA DO NOME DO SENHOR JESUS.
ESTE BLOG SURGIU PELA SUGESTÃO DE UMA AMIGA, POIS, HAVIA ESCRITO UM LIVRO, E COMO NÃO TIVE A POSSIBILIDADE DE PUBLICÁ-LO, DEPOIS DE 5 ANOS GUARDADO, ELA ME SUGERIU EM 2010, COLOCÁ-LO EM UM BLOG.
FOI O QUE FIZ, O LIVRO É COMPOSTO DE CARTAS, AS QUAIS, IRÃO APARECER EMBAIXO NA TELA, POR SER UM BLOG E NÃO UM SITE.
PARA VISUALIZAR O LIVRO NA ÍNTEGRA, CLIQUE EM 2010.
ALÉM DAS CARTAS, POSTO O QUE EU ESCREVO OU DE OUTROS AUTORES, QUE LEIO E ACHO INTERESSANTE COMPARTILHAR.
QUE DEUS OS ABENÇOE MUITO!!!!!!!!
LEIA E COMPARTILHE!
GRAÇA E PAZ!
COM AMOR EM CRISTO JESUS,
ANGELA

Páginas

Arca de Noé... Arca da Aliança... JESUS ARCA DE AMOR!

Em Mt 24:12 está escrito: "E por se multiplicar a iniquidade, o amor se esfriará de quase todos". Se Deus é amor, e se o amor esfriar, o próprio Deus se esfriará nos corações. Que coisa terrível! Deus se esfriando em nossas vidas! Mas Ele disse de: "quase todos", ou seja haverá aqueles nos quais o amor, não se esfriará. Aleluia! Louvado seja Deus por isto. Então, este Blog, é uma tentativa de barrar este processo, não deixando que este amor se esfrie nunca. Pois, foi por amor que Ele morreu por mim e por ti. E nunca deixaremos de amá-Lo, nem aos Teus filhos. Amém

EXPLICAÇÃO DO TÍTULO

• No tempo do Antigo Testamento, o coração do homem se corrompeu de tal forma que Deus se arrependeu de tê-lo feito, pois este se tornou mau, olhando apenas o que os olhos podiam ver, esquecendo-se do que se passa no interior do ser humano, os sentimentos e virtudes.
E Deus achou em Noé um homem justo e o salvou e também a sua família ordenando-o a construir uma arca.

Chamada de
ARCA DE NOÉ.

• No tempo de Moisés, Deus ordenou que se fizesse uma caixa na qual estariam os Dez Mandamentos dentre outros itens, ela era de madeira de acácia revestida de ouro puro, ficava num lugar chamado Tabernáculo, dentro do Santo dos Santos e só os sacerdotes tinham acesso a ela, uma vez por ano, no Tabernáculo também se sacrificavam cordeiros, bodes, etc, pois, acreditavam que o sangue destes animais os purificava de pecados.

Esta arca se chamava, ARCA DA ALIANÇA.

• Mas, Aleluia! Deus enviou Seu Filho Unigênito para derramar Seu sangue para perdão dos pecados da humanidade inteira, “o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo”, e de uma vez por todas, levou sobre Ele nossos pecados, não havendo mais necessidade de sacrifício de animais, e ao morrer, o véu que separava o Santo dos Santos do Tabernáculo, foi rasgado de alto a baixo, ou seja, isto significa, que o lugar em que se tinha acesso a Deus, uma vez por ano, e só o sacerdote poderia entrar, com o sacrifício de Jesus, todos os seres humanos, podem ter esse acesso à presença Dele, 24 horas por dia, o ano inteiro, como era desde o início da criação, quando o homem tinha plena comunhão e acesso a Deus. Ou seja, Jesus nos resgatou de volta ao nosso Criador. Restaura o coração corrompido pelo pecado e afastado de Deus, nos levando de volta a presença do Pai.

Onde a Arca da Aliança estivesse, aquele lugar era abençoado, pois, ela simbolizava a presença de Deus.
Com a morte e ressurreição de Jesus, ali em Pentecostes, o Espírito Santo foi derramado, sobre as pessoas, nos tornando esse templo (lugar de morada de Deus), e portanto, somos abençoados onde formos, pois, o Espírito Santo de Deus habita em nós.
" Deus nos amou de tal maneira que deu Seu filho Unigênito para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas, tenha vida eterna”. (Jo 3:16)
AMOU, foi por amor que Ele nos salvou, por isto, o título:
JESUS, ARCA DE AMOR!

****************************************************************
QUEM SOU EU
Meu nome é Angela, sou casada, tenho dois filhos, sou do estado de Minas Gerais, e, através de um chamado de Deus, trabalhei muitos anos, com pessoas com problemas diversos,
presidiários, etc.
Escrevendo cartas, com base evangelística para várias lugares do Brasil, hoje continuo escrevendo cartas específicas, para cada situação difícil do cotidiano das pessoas, dilemas com drogas, casamentos, depressão, enfermidades, perdas de entes queridos, etc.
Meu plano inicial, era publicar em um livro, as quase 300 páginas que eu havia escrito, mas, não foi possível, pelo alto custo.
Foi então, após estas cartas ficarem guardadas quase 5 anos, resolvi publica-las neste Blog.
O livro foi postado em 2010.
É só clicar lá.
Não recebo recursos financeiros por este trabalho, mas, creio que a recompensa vem do alto.
O que peço é a proteção para minha família, em especial meus filhos, marido...
São palavras, vindas do coração de Deus, pois, foi em lágrimas e lutas, que muitas delas escrevi.
Sou, apenas um instrumento nas mãos do Senhor, para levar a Palavra Dele.
Me formei em Administração (não exerço a profissão) e Teologia, além de estudar a Palavra de Deus, anos a fio, com lutas e provações.

Muitas coisas não coloco só como teoria, pois, várias senti na carne e no espírito, então foi experiência vivida, que Deus me permitiu passar, para ajudar quem estivesse passando pelos mesmos problemas.

O que procuro fazer, é ser fiel nas palavras que Deus coloca em meu coração, e faço o possível, para transmiti-las da forma mais coerente e eficaz possível.

Espero, que este Blog possa te ajudar a passar pelas lutas e dificuldades, possa também, levar a você a alegria e a paz que só Jesus pode dar e saber que por maior que seja a luta, você não está só, tem pessoas que (se você procurar uma igreja) te ajudarão em oração e o Senhor estará contigo para te livrar e te ajudar.

Deus lhe abençoe e saiba que você é muito amado por Deus.
Um grande abraço.
Com amor, em Cristo,
Angela.

Meu e-mail é: amserrap@yahoo.com.br
Dê sua sugestão, opinião, diga o que achou do Blog.
Para mim, é muito importante seu comentário.
Obrigada!







MENSAGENS DE EXORTAÇÃO

03 maio, 2015

Parte III - DEUS PODEROSO


Olá, amados irmãos e irmãs, com disse,
colocarei aqui, a terceira e última parte do livro
“As Teses de Satanás” de Hernandez Dias Lopes
e a conclusão.
Jó é para nós um exemplo de força e fidelidade a Deus,
que mesmo passando por adversidades,
confiou em Deus, não blasfemando em nenhum
momento contra o Criador.

Depois de perder os bens e os filhos,
veja o que o inimigo das nossas almas,
quer tirar de Jó com o intuito de vê-lo
blasfemar contra Deus:
Que o Senhor Jesus lhe abençoe
nesta leitura e que ela fale ao seu coração.
Com amor, em Cristo,
Angela.

 “Jó não servia a Deus por aquilo que recebia Dele,
mas, por quem é Deus.
O Caráter de Deus e não os dons de Deus,
eram o fundamento de sua adoração.
Satanás contra-ataca lançando seu torpedo mortífero.
Eis o registro bíblico:
Então satanás respondeu ao Senhor:
Pele por pele!
Tudo quanto um homem tem ele dará por sua vida.
Estende a mão agora e toca-lhe nos ossos e na carne,
e ele blasfemará contra Ti na sua face. (Jó 2: 4-5)

 A terceira tese de satanás,
é que ninguém ama mais a Deus do que a si mesmo.
O amor-próprio é um sentimento
inato e uma defesa natural.
Protegemo-nos instantaneamente,
naturalmente, constantemente.
Tocar na pele, nos ossos e na carne é a forma
mais profunda de atingir alguém.
Satanás está propagando que na dor, no sofrimento,
os valores do homem mudam.

 Deus então, sem que Jó soubesse,
o constitui mais uma vez seu advogado e
abre caminho para que satanás toque em sua pele,
eus ossos, sua carne.
Então o Senhor disse a Satanás:
Ele está sob teu poder; somente lhe poupe a vida (Jó 2:6)
Satanás é um ser limitado.
Ele só pode ir até onde Deus permite que vá.
Nem um centímetro a mais.
Muitos exageram na questão da batalha espiritual,
ao defenderam uma visão maniqueísta,
colocam satanás como um deus caído e
não como um anjo caído.
Satanás é uma criatura.
Não tem atributos da divindade.
Satanás é limitado quanto ao tempo,
ao poder e ao território de sua ação.

Apesar disso, não podemos ignorar seus desígnios.
Satanás é descrito nas Escrituras como opositor e acusador.
Ele é o deus deste século, o príncipe das potestades do ar,
o pai da mentira.
Satanás é ladrão e assassino.
Ele é tentador e destruidor.
Ele veio para roubar, matar e destruir.

Nossa luta é contra esses principados,
potestades, dominadores deste mundo
tenebroso e forças espirituais do mal.
Diz o texto Bíblico:
Satanás saiu da presença do Senhor e feriu
Jó com feridas malignas,
da sola dos pés até o alto da cabeça (Jó 2:7) .

Satanás é um ser mórbido.
Seu desejo é ver as pessoas sofrerem.
Sua missão é causar dor.
Ele colocou uma enfermidade assaz dolorosa em Jó. 
Tumores malignos cobriram todo o
corpo do enlutado patriarca.
O corpo de Jó é surrado pela doença.
A dor cruel lateja em todo o seu corpo
sem pausa nem descanso.
Jó não consegue comer, apenas chorar.
Sua mulher num ato de revolta e desespero,
em sintonia com a tese de satanás,
sugere ao marido amaldiçoar a Deus e morrer.

Então sua mulher disse:
Tu ainda te manténs integro?
Amaldiçoa a Deus e morre. (Jó 2:9)
Muitos blasfemam contra Deus na dor.
Outros se revoltam e erguem os
punhos contra os céus.
Não poucos os que se afastam de Deus,
decepcionados e amargurados.
O mesmo sol que amolece a cera endurece o barro.
O mesmo sofrimento  que produz
quebrantamento numa pessoa,
produz endurecimento noutra. 

Jó o alvo do ataque mais violento,
está resignado; sua mulher, ao seu lado está revoltada.
Jó está quebrantado; sua mulher está endurecida.
No torvelinho da dor, no epicentro da tempestade,
Jó responde à sua mulher:
Tu falas como uma louca.
Por acaso não recebemos de Deus apenas o bem
e não também a desgraça?
Em tudo isso Jó não pecou com os lábios. (Jó 2:10)
Estava derrubada a terceira tese de satanás.
Jó provou amar mais a Deus do que a si mesmo.
Deixou patente que amava mais a
Deus do que à própria pele.
Jó não servia-Lhe pelo Seu caráter.
Deus é melhor do que as dádivas Dele.

Nada escapa ao controle divino.
Ele está assentado na sala de comando do Universo,
e nada foge de seu controle.
Nem um fio de cabelo de nossa cabeça
pode ser tocado sem que Ele permita.
Ninguém pode nos atingir sem que
Ele tenha um propósito.
Satanás não é livre para nos atacar sem
que Deus lhe dê permissão e sem que Deus
tenha um propósito sublime na prova.
Nossas provações não vêm para nos destruir,
mas para fortalecer as musculaturas da nossa alma.
Mesmo quando a providência que no cerca é carrancuda,
Deus nos mostra Sua face benevolente.

Nosso Deus inspira canções de louvor nas noites escuras.
Ele abre rios no ermo, faz brotar água da
rocha e uma fonte de consolo de nossas feridas.
É Deus quem nos consola em nossas
angústias para consolarmos outros que estiverem
passando pelas mesmas aflições.
Nosso sofrimento é sempre pedagógico. 
Tem sempre um fim proveitoso.

Quando passamos pelo vale da dor,
precisamos olhar para a majestade de Deus,
e não para a profundidade das nossas feridas.
Se observarmos os ventos contrários e o rugido
da tempestade, naufragaremos;
mas, se fixarmos os olhos em Cristo,
caminharemos sobre as ondas revoltas.
Não podemos conhecer a nós mesmos
sem antes conhecer a Deus.
Quanto mais focamos em nós mesmos,
mais aflitos ficaremos e mais longe da verdade.
Quanto mais perto de Deus ficarmos,
mais entenderemos a nós mesmos e as
circunstâncias que nos cercam.

 Certa feita um garotinho perguntou ao pai:
“Papai, qual é o tamanho de Deus?
O pai, confuso com a intrigante pergunta do filho,
olhou para o céu e viu um avião a jato cruzando as alturas.
O pai então, perguntou ao filho:
Filho olhe para o céu e veja aquele avião.
Ele é pequeno ou grande?
O filho olhou e respondeu:
Pequeno papai, muito pequeno.
O pai imediatamente, levou o filho ao
aeroporto e mostrou-lhe um grande jumbo
estacionado no pátio e perguntou-lhe:
Filho qual o tamanho deste avião?
E o menino respondeu:
Grande, papai, muito grande.
O pai, então explicou ao filho:
Meu filho, é assim também com Deus.
Quando você está  longe de Deus,
Ele parece pequeno para você, mas,
quando você está perto de Deus,
ele se torna muito grande.
Quando olhamos para nossos problemas,
agigantamos nossa dor e apequenamos Deus;
mas, quando olhamos para a majestade de Deus,
nos sentimos pequenos, e nossa do se torna apenas
uma leve e momentânea tribulação.

Quando Jó compreendeu a majestade de Deus,
fez cinco descobertas magníficas que
mudaram o rumo de sua história.

Em primeiro lugar, Jó compreendeu a onipotência divina.
Então Jó respondeu ao Senhor: Bem sei que tudo Podes...
(Jó 42:1,2a)
Em segundo lugar, Jó compreendeu a soberania divina...
e nenhum dos Teus planos pode ser  impedido. (Jó 42:2b)
Em terceiro lugar, Jó compreendeu seu limitado conhecimento.
De fato falei do que não entendia,
coisas que me eram maravilhosas demais e eu não compreendia.
(Jó 42:3b)
Em quarto lugar, Jó compreende seu limitado
conhecimento de Deus.
Com os ouvidos eu tinha ouvido falar a Teu respeito;
mas agora os meus olhos Te veem. (Jó 42:5)
Em quinto lugar, Jó compreende a enormidade de seu pecado.
Por isso, me desprezo e me arrependo no pó e na cinza. (Jó 42:6)
Quanto mais perto de Deus estamos,
mais conhecemos a pecaminosidade de nosso coração.
As pessoas que mais choraram pelos seus pecados
não foram aquelas que mais acintosamente
pecaram contra Deus,
mas aquelas que mais perto de Deus andaram.
Quando  o homem está longe da luz,
não consegue ver as manchas e nódoas de seu pecado.
Mas, quando se está perto da luz, até mesmo a sujeira mais
discreta é percebida.

A restauração de Jó
A cura de Jó acontece quando o patriarca deixa
de se queixar, deixa de se defender  e
começa a orar pelos seus amigos.
Quando nos defendemos, o nosso foco
está concentrado em nós mesmos.
Quando oramos, nosso foca está na pessoa
que é alvo da nossa oração.

É impossível orar por alguém e continuar
magoado com essa pessoa, interceder por ela.
É impossível odiar alguém e sa pessoa ao mesmo tempo.  

Jesus Cristo foi enfático, quando ensinou:
Quando estiverdes orando, se tendes alguma
coisa contra alguém, perdoai,
para que também o vosso Pai que está no céus
vos perdoe as vossas ofensas. (Mc 11:25)
Deus restaura a saúde de Jó.
Aquele homem chagado recebe vigor.
Tornou-se um homem saudável, sem qualquer sequela.
Deus restaura os bens de Jó.
... Deus lhe deu o dobro do que possuía (Jó 42:10)
Deus restaura os filhos de Jó, teve mais dez filhos,
sete filhos e três filhas e teve a ventura de
ver os filhos de seus filhos, até a quarta geração. (Jó 42:16)

Deus restaura os amigos de Jó.
Jó intercedeu por eles, e Deus aceitou a sua oração,
restaurando a vida de seus amigos. (Jó 42:7-9)
Tudo quanto satanás intentou contra Jó, Deus reverteu.
Satanás queria macular o caráter de
Deus e afastar Jó de Deus.
O que ele conseguiu foi apenas colocar
Jó mais perto de Deus e deixar mais
atente a majestade divina.

Você é imortal até que Deus
cumpra em você os Seus propósitos.
Nada nem ninguém, nem agora nem no porvir,
pode nos separar do amor de Deus
que está em Cristo Jesus.
Estamos firmados e seguros Nele, e isso nos basta.”
 
                                               (Hernandes Dias Lopes)

Então, assim, terminamos este
estudo do livro “As Teses de Satanás”.
Espero em Deus, que tenha sido edificante para sua vida.
Que o Senhor Jesus lhe conceda paz, alegria e saúde,
neste mês de maio.
Que Deus lhe abençoe e guarde
e que você use os lindos dons que Deus lhe deu,
para fazer deste mundo, um lugar mais ameno e
melhor de se viver, respeitando a natureza e
tudo que nosso Criador colocou,
para que aqui pudéssemos viver com paz e
sempre nos acrescentando aquilo que precisamos,
na medida certa, sem deixar que nada nos falte,
nem espiritualmente, nem materialmente!

Graça e paz.
Angela.

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário