"Ele está de braços abertos a lhe esperar, Ele está a lhe dizer, que o ama... Jesus te ama!!"

"Ele está de braços abertos a lhe esperar, Ele está a lhe dizer, que o ama...       Jesus te ama!!"

ATENÇÃO

OLÁ AMIGOS, MEU NOME É ANGELA, ESTE É UM TRABALHO INTERDENOMINACIONAL.
SOU EVANGELISTA E PROCURO CUMPRIR ESTA LINDA TAREFA DE LEVAR A PALAVRA DE DEUS ÀS PESSOAS, PARA HONRA E GLÓRIA DO NOME DO SENHOR JESUS.
ESTE BLOG SURGIU PELA SUGESTÃO DE UMA AMIGA, POIS, HAVIA ESCRITO UM LIVRO, E COMO NÃO TIVE A POSSIBILIDADE DE PUBLICÁ-LO, DEPOIS DE 5 ANOS GUARDADO, ELA ME SUGERIU EM 2010, COLOCÁ-LO EM UM BLOG.
FOI O QUE FIZ, O LIVRO É COMPOSTO DE CARTAS, AS QUAIS, IRÃO APARECER EMBAIXO NA TELA, POR SER UM BLOG E NÃO UM SITE.
PARA VISUALIZAR O LIVRO NA ÍNTEGRA, CLIQUE EM 2010.
ALÉM DAS CARTAS, POSTO O QUE EU ESCREVO OU DE OUTROS AUTORES, QUE LEIO E ACHO INTERESSANTE COMPARTILHAR.
QUE DEUS OS ABENÇOE MUITO!!!!!!!!
LEIA E COMPARTILHE!
GRAÇA E PAZ!
COM AMOR EM CRISTO JESUS,
ANGELA

Páginas

Arca de Noé... Arca da Aliança... JESUS ARCA DE AMOR!

Em Mt 24:12 está escrito: "E por se multiplicar a iniquidade, o amor se esfriará de quase todos". Se Deus é amor, e se o amor esfriar, o próprio Deus se esfriará nos corações. Que coisa terrível! Deus se esfriando em nossas vidas! Mas Ele disse de: "quase todos", ou seja haverá aqueles nos quais o amor, não se esfriará. Aleluia! Louvado seja Deus por isto. Então, este Blog, é uma tentativa de barrar este processo, não deixando que este amor se esfrie nunca. Pois, foi por amor que Ele morreu por mim e por ti. E nunca deixaremos de amá-Lo, nem aos Teus filhos. Amém

EXPLICAÇÃO DO TÍTULO

• No tempo do Antigo Testamento, o coração do homem se corrompeu de tal forma que Deus se arrependeu de tê-lo feito, pois este se tornou mau, olhando apenas o que os olhos podiam ver, esquecendo-se do que se passa no interior do ser humano, os sentimentos e virtudes.
E Deus achou em Noé um homem justo e o salvou e também a sua família ordenando-o a construir uma arca.

Chamada de
ARCA DE NOÉ.

• No tempo de Moisés, Deus ordenou que se fizesse uma caixa na qual estariam os Dez Mandamentos dentre outros itens, ela era de madeira de acácia revestida de ouro puro, ficava num lugar chamado Tabernáculo, dentro do Santo dos Santos e só os sacerdotes tinham acesso a ela, uma vez por ano, no Tabernáculo também se sacrificavam cordeiros, bodes, etc, pois, acreditavam que o sangue destes animais os purificava de pecados.

Esta arca se chamava, ARCA DA ALIANÇA.

• Mas, Aleluia! Deus enviou Seu Filho Unigênito para derramar Seu sangue para perdão dos pecados da humanidade inteira, “o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo”, e de uma vez por todas, levou sobre Ele nossos pecados, não havendo mais necessidade de sacrifício de animais, e ao morrer, o véu que separava o Santo dos Santos do Tabernáculo, foi rasgado de alto a baixo, ou seja, isto significa, que o lugar em que se tinha acesso a Deus, uma vez por ano, e só o sacerdote poderia entrar, com o sacrifício de Jesus, todos os seres humanos, podem ter esse acesso à presença Dele, 24 horas por dia, o ano inteiro, como era desde o início da criação, quando o homem tinha plena comunhão e acesso a Deus. Ou seja, Jesus nos resgatou de volta ao nosso Criador. Restaura o coração corrompido pelo pecado e afastado de Deus, nos levando de volta a presença do Pai.

Onde a Arca da Aliança estivesse, aquele lugar era abençoado, pois, ela simbolizava a presença de Deus.
Com a morte e ressurreição de Jesus, ali em Pentecostes, o Espírito Santo foi derramado, sobre as pessoas, nos tornando esse templo (lugar de morada de Deus), e portanto, somos abençoados onde formos, pois, o Espírito Santo de Deus habita em nós.
" Deus nos amou de tal maneira que deu Seu filho Unigênito para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas, tenha vida eterna”. (Jo 3:16)
AMOU, foi por amor que Ele nos salvou, por isto, o título:
JESUS, ARCA DE AMOR!

****************************************************************
QUEM SOU EU
Meu nome é Angela, sou casada, tenho dois filhos, sou do estado de Minas Gerais, e, através de um chamado de Deus, trabalhei muitos anos, com pessoas com problemas diversos,
presidiários, etc.
Escrevendo cartas, com base evangelística para várias lugares do Brasil, hoje continuo escrevendo cartas específicas, para cada situação difícil do cotidiano das pessoas, dilemas com drogas, casamentos, depressão, enfermidades, perdas de entes queridos, etc.
Meu plano inicial, era publicar em um livro, as quase 300 páginas que eu havia escrito, mas, não foi possível, pelo alto custo.
Foi então, após estas cartas ficarem guardadas quase 5 anos, resolvi publica-las neste Blog.
O livro foi postado em 2010.
É só clicar lá.
Não recebo recursos financeiros por este trabalho, mas, creio que a recompensa vem do alto.
O que peço é a proteção para minha família, em especial meus filhos, marido...
São palavras, vindas do coração de Deus, pois, foi em lágrimas e lutas, que muitas delas escrevi.
Sou, apenas um instrumento nas mãos do Senhor, para levar a Palavra Dele.
Me formei em Administração (não exerço a profissão) e Teologia, além de estudar a Palavra de Deus, anos a fio, com lutas e provações.

Muitas coisas não coloco só como teoria, pois, várias senti na carne e no espírito, então foi experiência vivida, que Deus me permitiu passar, para ajudar quem estivesse passando pelos mesmos problemas.

O que procuro fazer, é ser fiel nas palavras que Deus coloca em meu coração, e faço o possível, para transmiti-las da forma mais coerente e eficaz possível.

Espero, que este Blog possa te ajudar a passar pelas lutas e dificuldades, possa também, levar a você a alegria e a paz que só Jesus pode dar e saber que por maior que seja a luta, você não está só, tem pessoas que (se você procurar uma igreja) te ajudarão em oração e o Senhor estará contigo para te livrar e te ajudar.

Deus lhe abençoe e saiba que você é muito amado por Deus.
Um grande abraço.
Com amor, em Cristo,
Angela.

Meu e-mail é: amserrap@yahoo.com.br
Dê sua sugestão, opinião, diga o que achou do Blog.
Para mim, é muito importante seu comentário.
Obrigada!







MENSAGENS DE EXORTAÇÃO

04 março, 2017

A CORAGEM DE SER PARA OS OUTROS - PARTE IV

Olá irmãos e amigos!!
Que a graça e a preciosa paz,
que somente Nosso Senhor e
Salvador Jesus Cristo pode nos dar,
inunde o nosso coração e a nossa mente
e que possamos depositar Nele,
todas as nossas expectativas, preocupações,
tristezas, desânimos, fraquezas...
enfim, tudo que nos aflige.
Pois, só e somente  Ele pode nos
defender, guardar, livrar...

Que nosso coração possa ser acalentado
pelo amor, pela graça e infinita misericórdia do no Deus.
Este amor inefável , inalcançável que Deus tem por nós
que nos levanta, nos faz seguir adiante,
tira de nós os sentimentos  ruins,
amor que transforma vidas dilaceradas,
que nos dá sempre novas chances de recomeçar.

Vou continuar colocando trechos interessantes do livro:
A Coragem e Ser Para os Outros”,
de Rainerson Israel:

“Jesus, sem dúvida, desperta  a curiosidade 
de diversos estudiosos.
Não são poucas as ciências e os intelectuais 
que se dedicam
a analisar a mente de Cristo. 
Suas palavras, Seus gestos e 
Sua sabedoria continuam
atraindo a atenção de muitos.
Penso até que seria mais fácil se todos se rendessem
de vez à clara percepção, Jesus o próprio Deus.
Ouso pensar que a melhor forma de uma pessoa se
relacionar com Deus seja através do silêncio.
 Se falássemos menos, 
com certeza ouviríamos mais o Senhor e,
concomitantemente, escutaríamos a dor do outro.
Mas, infelizmente, as tagarelices e os gritos
atraem bastante os evangélicos.
Nunca me esquecerei do dia em que 
uma pastora foi à nossa igreja
(Igreja Batista Central da Barra da Tijuca)
e nos convocou ao silêncio.
Era uma quarta-feira, e as pessoas 
produziam muitos ruídos
por meio das palmas, dos gritos e dos clamores.
Em determinado momento, ela disse:
 “Fazemos muito barulho porque não 
aprendemos a fazer silêncio.

Jesus me impressionou pela simplicidade de Seus
ensinamentos e gestos.
Diferentemente de Paulo que tinha um caráter
mais sistemático/conceitual,
Cristo, com Seu caipirismo, 
ofereceu-nos respostas simples
para vivermos abundantemente a vida.

Se estudarmos, por exemplo,
 a Doutrina da Salvação em 
Paulo ou em outros teólogos,
muito provavelmente seremos contemplados com
diversas e diferentes vertentes.
Não sou contra isso!
Gosto muito até.
No meio de tantas respostas e discussões,
Jesus diz:
Em verdade, vos digo que, 
se não vos converterdes
e não vos tornardes como crianças,
de modo algum entrareis no reino dos céus”.
Resposta simples, porém profunda.

Uma poetisa mineira chamada 
Adélia Prado constrói,
 em de seus poemas, 
uma das méis belas orações cristãs:
“Meu Deus, me dá cinco anos, me dá a mão,
me cura de ser grande...”
Esse texto revela um diagnóstico óbvio:
o mundo adulto carrega doenças.
E são enfermidades tão graves, 
que a poetisa mineira expressa,
através dessa singela oração,
 o seu desejo de cura da “adultice”.

Aliás, uma realidade confessada pelos sinóticos e
pelo evangelho Joanino é que até o próprio Deus se
fez menino, ou seja, deixou o mundo adulto, 
cansou-se de status.
Talvez seja por isso que amo o Natal.
A família reunida, o peru assado, 
a troca de presentes.
Não é o Natal uma celebração anual da infância?
Da infância de Jesus. Do Emanuel.
Do Deus menino.

Quantos adultos que sofrem ansiedade! 
Estão embebidos do amanhã,
acusados pelas vãs preocupações.

Rollo May, em seu livro 
O homem a procura de si mesmo,
diferencia medo de ansiedade.
Para esse autor,
“quando temos medo, 
sabemos o que nos ameaça,
somos dinamizados pela situação, 
nossa percepção é aguçada,
e tomamos medidas para fugir ou
evitar outras maneiras o perigo.
Quando estamos ansiosos, porém,
sentimo-nos ameaçados sem saber o que
fazer para enfrentar perigo.
A ansiedade é a sensação de estar agarrado,
 oprimido, e, em vez de tornar mais aguda a
percepção, em geral a torna embotada”.

Como o futuro não está sob nosso controle,
somos tomados pela ansiedade:
Será que vou casar?
 Os meus negócios vão prosperar?
 Vou conseguir engravidar?
O  vestibular é esse ano ou que eu quero?
Qual curso? O que serei? ...
Essas são perguntas são frequentes 
para homens e mulheres
tomadas pela ansiedade.

Você já parou para pensar que a única medida que
podemos tomar diante do futuro é o presente?
São decisões do agora que regerão 
os resultados do amanhã.
Viva intensamente o presente.

Em um sermão do Pr. Josué Valandro Jr.,
ele nos contou que, determinada manhã,
prometeu ao seu filho Gabriel, 
que brincaria com ele.
No entanto, o pastou precisou sair para resolver
muitas coisas e só voltou para casa tarde da noite.
Quando chegou, Gabriel ainda estava acordado,
esperando por ele.
As crianças não empurram a vida para amanhã;
elas querem viver o hoje,
pois aprendem a descansar.

Jesus disse:
 “Observai as aves dos céus... os lírios do campo...
Se Deus cuida tão bem assim das aves e dos lírios,
será que não cuidará de nós?

As crianças brincam!
Por outro lado, você já percebeu como tudo,
nas mãos dos adultos, é uma oportunidade de negócio/status.
O texto de Mateus 18 foi provocado por uma interessante
pergunta dos discípulos –
Quem é o maior no Reino dos céus?
 Eles estavam fazendo negócio com o Reino de Deus,
buscando status através da ministerialidade.
Jesus, incomodado com essa impertinente busca,
 chamou uma criança e a colocou no centro de Sua reflexão.
Estranhamente Jesus responde algo como:
“Para ser maior no Reino dos céus é preciso brincar!”

O ser para os outros quer despertar o homo ludens
que foi engolido pelo workaholic em nossa sociedade
moderna e urbana.
 Ele milita, com as armas de brinquedo,
contra vícios desse mundo sério e hostil.
A favor da paz, da família, do sorriso e da criança,
o ser para os outros deixa a inautenticidade à infância.

 Alguma vez você parou para pensar que temos
tempo demais para enchermos o nosso saldo bancário,
 mas pouquíssimo para nos divertirmos com a a família?

Entretanto, sei que as letras,
 muitas vezes enraizadas em nossos fundamentalismos,
podem sacrificar o salto.
A letra mata, mas o Espírito vivifica”.
Jesus já tinha dito:
 “Em verdade vos digo que, se não vos converterdes
e não vos tornardes como crianças,
de modo algum entrareis no reino dos céus”.
                      (Rainerson Israel)

Então amados irmãos, espero que a 
leitura tenha sido edificante!
Que Deus os abençoe e que este seja um mês
de paz e bênçãos em nome de Jesus!
Abraço!
Com amor em Cristo,
Angela.



Nenhum comentário:

Postar um comentário