"Ele está de braços abertos a lhe esperar, Ele está a lhe dizer, que o ama... Jesus te ama!!"

"Ele está de braços abertos a lhe esperar, Ele está a lhe dizer, que o ama...       Jesus te ama!!"

ATENÇÃO

OLÁ AMIGOS, MEU NOME É ANGELA, ESTE É UM TRABALHO INTERDENOMINACIONAL.
SOU EVANGELISTA E PROCURO CUMPRIR ESTA LINDA TAREFA DE LEVAR A PALAVRA DE DEUS ÀS PESSOAS, PARA HONRA E GLÓRIA DO NOME DO SENHOR JESUS.
ESTE BLOG SURGIU PELA SUGESTÃO DE UMA AMIGA, POIS, HAVIA ESCRITO UM LIVRO, E COMO NÃO TIVE A POSSIBILIDADE DE PUBLICÁ-LO, DEPOIS DE 5 ANOS GUARDADO, ELA ME SUGERIU EM 2010, COLOCÁ-LO EM UM BLOG.
FOI O QUE FIZ, O LIVRO É COMPOSTO DE CARTAS, AS QUAIS, IRÃO APARECER EMBAIXO NA TELA, POR SER UM BLOG E NÃO UM SITE.
PARA VISUALIZAR O LIVRO NA ÍNTEGRA, CLIQUE EM 2010.
ALÉM DAS CARTAS, POSTO O QUE EU ESCREVO OU DE OUTROS AUTORES, QUE LEIO E ACHO INTERESSANTE COMPARTILHAR.
QUE DEUS OS ABENÇOE MUITO!!!!!!!!
LEIA E COMPARTILHE!
GRAÇA E PAZ!
COM AMOR EM CRISTO JESUS,
ANGELA

Páginas

Arca de Noé... Arca da Aliança... JESUS ARCA DE AMOR!

Em Mt 24:12 está escrito: "E por se multiplicar a iniquidade, o amor se esfriará de quase todos". Se Deus é amor, e se o amor esfriar, o próprio Deus se esfriará nos corações. Que coisa terrível! Deus se esfriando em nossas vidas! Mas Ele disse de: "quase todos", ou seja haverá aqueles nos quais o amor, não se esfriará. Aleluia! Louvado seja Deus por isto. Então, este Blog, é uma tentativa de barrar este processo, não deixando que este amor se esfrie nunca. Pois, foi por amor que Ele morreu por mim e por ti. E nunca deixaremos de amá-Lo, nem aos Teus filhos. Amém

EXPLICAÇÃO DO TÍTULO

• No tempo do Antigo Testamento, o coração do homem se corrompeu de tal forma que Deus se arrependeu de tê-lo feito, pois este se tornou mau, olhando apenas o que os olhos podiam ver, esquecendo-se do que se passa no interior do ser humano, os sentimentos e virtudes.
E Deus achou em Noé um homem justo e o salvou e também a sua família ordenando-o a construir uma arca.

Chamada de
ARCA DE NOÉ.

• No tempo de Moisés, Deus ordenou que se fizesse uma caixa na qual estariam os Dez Mandamentos dentre outros itens, ela era de madeira de acácia revestida de ouro puro, ficava num lugar chamado Tabernáculo, dentro do Santo dos Santos e só os sacerdotes tinham acesso a ela, uma vez por ano, no Tabernáculo também se sacrificavam cordeiros, bodes, etc, pois, acreditavam que o sangue destes animais os purificava de pecados.

Esta arca se chamava, ARCA DA ALIANÇA.

• Mas, Aleluia! Deus enviou Seu Filho Unigênito para derramar Seu sangue para perdão dos pecados da humanidade inteira, “o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo”, e de uma vez por todas, levou sobre Ele nossos pecados, não havendo mais necessidade de sacrifício de animais, e ao morrer, o véu que separava o Santo dos Santos do Tabernáculo, foi rasgado de alto a baixo, ou seja, isto significa, que o lugar em que se tinha acesso a Deus, uma vez por ano, e só o sacerdote poderia entrar, com o sacrifício de Jesus, todos os seres humanos, podem ter esse acesso à presença Dele, 24 horas por dia, o ano inteiro, como era desde o início da criação, quando o homem tinha plena comunhão e acesso a Deus. Ou seja, Jesus nos resgatou de volta ao nosso Criador. Restaura o coração corrompido pelo pecado e afastado de Deus, nos levando de volta a presença do Pai.

Onde a Arca da Aliança estivesse, aquele lugar era abençoado, pois, ela simbolizava a presença de Deus.
Com a morte e ressurreição de Jesus, ali em Pentecostes, o Espírito Santo foi derramado, sobre as pessoas, nos tornando esse templo (lugar de morada de Deus), e portanto, somos abençoados onde formos, pois, o Espírito Santo de Deus habita em nós.
" Deus nos amou de tal maneira que deu Seu filho Unigênito para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas, tenha vida eterna”. (Jo 3:16)
AMOU, foi por amor que Ele nos salvou, por isto, o título:
JESUS, ARCA DE AMOR!

****************************************************************
QUEM SOU EU
Meu nome é Angela, sou casada, tenho dois filhos, sou do estado de Minas Gerais, e, através de um chamado de Deus, trabalhei muitos anos, com pessoas com problemas diversos,
presidiários, etc.
Escrevendo cartas, com base evangelística para várias lugares do Brasil, hoje continuo escrevendo cartas específicas, para cada situação difícil do cotidiano das pessoas, dilemas com drogas, casamentos, depressão, enfermidades, perdas de entes queridos, etc.
Meu plano inicial, era publicar em um livro, as quase 300 páginas que eu havia escrito, mas, não foi possível, pelo alto custo.
Foi então, após estas cartas ficarem guardadas quase 5 anos, resolvi publica-las neste Blog.
O livro foi postado em 2010.
É só clicar lá.
Não recebo recursos financeiros por este trabalho, mas, creio que a recompensa vem do alto.
O que peço é a proteção para minha família, em especial meus filhos, marido...
São palavras, vindas do coração de Deus, pois, foi em lágrimas e lutas, que muitas delas escrevi.
Sou, apenas um instrumento nas mãos do Senhor, para levar a Palavra Dele.
Me formei em Administração (não exerço a profissão) e Teologia, além de estudar a Palavra de Deus, anos a fio, com lutas e provações.

Muitas coisas não coloco só como teoria, pois, várias senti na carne e no espírito, então foi experiência vivida, que Deus me permitiu passar, para ajudar quem estivesse passando pelos mesmos problemas.

O que procuro fazer, é ser fiel nas palavras que Deus coloca em meu coração, e faço o possível, para transmiti-las da forma mais coerente e eficaz possível.

Espero, que este Blog possa te ajudar a passar pelas lutas e dificuldades, possa também, levar a você a alegria e a paz que só Jesus pode dar e saber que por maior que seja a luta, você não está só, tem pessoas que (se você procurar uma igreja) te ajudarão em oração e o Senhor estará contigo para te livrar e te ajudar.

Deus lhe abençoe e saiba que você é muito amado por Deus.
Um grande abraço.
Com amor, em Cristo,
Angela.

Meu e-mail é: amserrap@yahoo.com.br
Dê sua sugestão, opinião, diga o que achou do Blog.
Para mim, é muito importante seu comentário.
Obrigada!







MENSAGENS DE EXORTAÇÃO

09 janeiro, 2014

RONALDO LIDÓRIO - TERCEIRA E ÚLTIMA PARTE

Com havia dito, ainda teria mais uma parte da mensagem
do Rev. Ronaldo Lidório:
Eis abaixo:

No dia 26: "Enquanto a fé crê no invisível,
a superstição crê no inexistente.
Se estamos sem direção, lembremo-nos de
Abrão que saiu sem saber para onde ir,
mas na dependência de Deus seguiu para a terra prometida.
Se estamos no fim da vida, lembremo-nos de Jacó,
que terminou seus dias prostrado em seu cajado,
adorando o Altíssimo.
Se temos grande responsabilidade, lembremo-nos de Moisés
conduzindo uma nação inteira durante 40 anos
de peregrinação por um deserto.
Se somos discriminados, lembremo-nos de Raabe,
que era uma prostituta, mas foi escolhida por Deus
para ser da linhagem de Davi.
A fé é transformadora e consoladora,
fundamentada em um Deus que controla o incontrolável.
É Deus quem nos ensina a crer e seu desejo e
que - pela fé- possamos descansar e esperar.
Descansar por saber que Ele em tudo nos conduz
e controla nossa história.
Esperar por entender que, em Deus, qualquer coisa é possível."

No dia 27: "Hebreus afirma que Abraão,
bem como os demais, creram e, assim, obedeceram.
Apresenta-nos uma fé não utilitária
- fundamentada nos desejos humanos -
mas obediente - fundamentada nos desejos de Deus.
Hebreus nos fala que pela fé ruíram as muralhas de Jericó,
subjugaram reinos, obtiveram promessas, fecharam bocas de leões.
Essa fé nos ensina que o impossível pode,
a qualquer momento, acontecer, se o Senhor assim o desejar.
A fé nos prepara para continuar crendo,
seja no dia bom ou no vale da sombra da morte.
Uma fé que não apenas produz resultados,
mas prepara o cristão para confiar de todo coração
e obedecer Aquele que é motivo de nossa vida."

No dia 28: "A oração nos convida ao relacionamento,
nos coloca aos pés do Senhor para buscarmos a Sua presença,
conversarmos sobre as coisas do coração
e sermos por Ele sondados.
A oração provavelmente mais arriscada em toda a Palavra,
foi proferida pelo salmista quando clamou:
sonda-me, prova-me, guia-me.
Nela, ele roga que Senhor o sonde reconhecendo que não
somos capazes de sondar a nós mesmos.
Precisamos de Deus para entender nosso próprio coração.
O coração humano é enganoso.
Sem Deus nossos pensamentos são canalizados para as
obras da carne e não para o fruto do Espírito.
Sem Deus nossos planos são conduzidos
para nossa própria satisfação e não para a Sua glória.
Por fim, Ele roga que o Senhor o guie no caminho certo,
afirmando que, sem Deus estamos perdidos.
Precisamos de Deus para nos guiar.
Esta é uma oração por santidade, vida íntegra
e caminhos de obediência.
É uma oração que precisamos repetir cada dia:
sonda-me, prova-me, guia-me."

No dia 29: "Não basta orar, é necessário perseverar em oração.
As escrituras destacam aqui, de forma objetiva,
que esse povo que seguia a Cristo era o povo da perseverança,
que cria no impossível e caminhava na vontade do Pai,
mesmo durante as épocas de maiores incertezas.
Perseverar em oração não é uma insistência humana sem sentido,
mas um ato de confiança em Deus."

Aqui terminamos as meditações,
tão preciosas da Palavra de Deus,
escritas pelo Rev. Ronaldo Lidório.
Quero chamar a atenção para a primeira frase do dia 26,
quando ele fala que
"a fé crê no invisível e a superstição crê no inexistente",
fé crê no que é invisível, mas que existe,
como o ar que respiramos, não o vemos, mas,
se ficarmos alguns instantes sem ele morreremos,
ele não é visível mas, é real, existe.
A superstição, leva a pessoa a crer no que não existe,
causando temores injustificáveis,
colocando coisas que não existem na mente e no coração,
trazendo para si mesmo angústias,
aflições sem fundamentos.
Há igrejas, que infelizmente, estão sendo invadidas por superstições.
Temos que vigiar e orar e saber que Deus é poderoso
para nos livrar da ostes espirituais do mal,
que Ele é infinitamente mais poderoso que o
inimigo das nossas almas,
portando não devemos temer,
pois Ele tem cuidado de nós.
Que Deus os abençoe e os guarde, hoje e sempre.
Graça e paz!
Com amor,
Angela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário