"Ele está de braços abertos a lhe esperar, Ele está a lhe dizer, que o ama... Jesus te ama!!"

"Ele está de braços abertos a lhe esperar, Ele está a lhe dizer, que o ama...       Jesus te ama!!"

ATENÇÃO

OLÁ AMIGOS, MEU NOME É ANGELA, ESTE É UM TRABALHO INTERDENOMINACIONAL.
SOU EVANGELISTA E PROCURO CUMPRIR ESTA LINDA TAREFA DE LEVAR A PALAVRA DE DEUS ÀS PESSOAS, PARA HONRA E GLÓRIA DO NOME DO SENHOR JESUS.
ESTE BLOG SURGIU PELA SUGESTÃO DE UMA AMIGA, POIS, HAVIA ESCRITO UM LIVRO, E COMO NÃO TIVE A POSSIBILIDADE DE PUBLICÁ-LO, DEPOIS DE 5 ANOS GUARDADO, ELA ME SUGERIU EM 2010, COLOCÁ-LO EM UM BLOG.
FOI O QUE FIZ, O LIVRO É COMPOSTO DE CARTAS, AS QUAIS, IRÃO APARECER EMBAIXO NA TELA, POR SER UM BLOG E NÃO UM SITE.
PARA VISUALIZAR O LIVRO NA ÍNTEGRA, CLIQUE EM 2010.
ALÉM DAS CARTAS, POSTO O QUE EU ESCREVO OU DE OUTROS AUTORES, QUE LEIO E ACHO INTERESSANTE COMPARTILHAR.
QUE DEUS OS ABENÇOE MUITO!!!!!!!!
LEIA E COMPARTILHE!
GRAÇA E PAZ!
COM AMOR EM CRISTO JESUS,
ANGELA

Páginas

Arca de Noé... Arca da Aliança... JESUS ARCA DE AMOR!

Em Mt 24:12 está escrito: "E por se multiplicar a iniquidade, o amor se esfriará de quase todos". Se Deus é amor, e se o amor esfriar, o próprio Deus se esfriará nos corações. Que coisa terrível! Deus se esfriando em nossas vidas! Mas Ele disse de: "quase todos", ou seja haverá aqueles nos quais o amor, não se esfriará. Aleluia! Louvado seja Deus por isto. Então, este Blog, é uma tentativa de barrar este processo, não deixando que este amor se esfrie nunca. Pois, foi por amor que Ele morreu por mim e por ti. E nunca deixaremos de amá-Lo, nem aos Teus filhos. Amém

EXPLICAÇÃO DO TÍTULO

• No tempo do Antigo Testamento, o coração do homem se corrompeu de tal forma que Deus se arrependeu de tê-lo feito, pois este se tornou mau, olhando apenas o que os olhos podiam ver, esquecendo-se do que se passa no interior do ser humano, os sentimentos e virtudes.
E Deus achou em Noé um homem justo e o salvou e também a sua família ordenando-o a construir uma arca.

Chamada de
ARCA DE NOÉ.

• No tempo de Moisés, Deus ordenou que se fizesse uma caixa na qual estariam os Dez Mandamentos dentre outros itens, ela era de madeira de acácia revestida de ouro puro, ficava num lugar chamado Tabernáculo, dentro do Santo dos Santos e só os sacerdotes tinham acesso a ela, uma vez por ano, no Tabernáculo também se sacrificavam cordeiros, bodes, etc, pois, acreditavam que o sangue destes animais os purificava de pecados.

Esta arca se chamava, ARCA DA ALIANÇA.

• Mas, Aleluia! Deus enviou Seu Filho Unigênito para derramar Seu sangue para perdão dos pecados da humanidade inteira, “o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo”, e de uma vez por todas, levou sobre Ele nossos pecados, não havendo mais necessidade de sacrifício de animais, e ao morrer, o véu que separava o Santo dos Santos do Tabernáculo, foi rasgado de alto a baixo, ou seja, isto significa, que o lugar em que se tinha acesso a Deus, uma vez por ano, e só o sacerdote poderia entrar, com o sacrifício de Jesus, todos os seres humanos, podem ter esse acesso à presença Dele, 24 horas por dia, o ano inteiro, como era desde o início da criação, quando o homem tinha plena comunhão e acesso a Deus. Ou seja, Jesus nos resgatou de volta ao nosso Criador. Restaura o coração corrompido pelo pecado e afastado de Deus, nos levando de volta a presença do Pai.

Onde a Arca da Aliança estivesse, aquele lugar era abençoado, pois, ela simbolizava a presença de Deus.
Com a morte e ressurreição de Jesus, ali em Pentecostes, o Espírito Santo foi derramado, sobre as pessoas, nos tornando esse templo (lugar de morada de Deus), e portanto, somos abençoados onde formos, pois, o Espírito Santo de Deus habita em nós.
" Deus nos amou de tal maneira que deu Seu filho Unigênito para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas, tenha vida eterna”. (Jo 3:16)
AMOU, foi por amor que Ele nos salvou, por isto, o título:
JESUS, ARCA DE AMOR!

****************************************************************
QUEM SOU EU
Meu nome é Angela, sou casada, tenho dois filhos, sou do estado de Minas Gerais, e, através de um chamado de Deus, trabalhei muitos anos, com pessoas com problemas diversos,
presidiários, etc.
Escrevendo cartas, com base evangelística para várias lugares do Brasil, hoje continuo escrevendo cartas específicas, para cada situação difícil do cotidiano das pessoas, dilemas com drogas, casamentos, depressão, enfermidades, perdas de entes queridos, etc.
Meu plano inicial, era publicar em um livro, as quase 300 páginas que eu havia escrito, mas, não foi possível, pelo alto custo.
Foi então, após estas cartas ficarem guardadas quase 5 anos, resolvi publica-las neste Blog.
O livro foi postado em 2010.
É só clicar lá.
Não recebo recursos financeiros por este trabalho, mas, creio que a recompensa vem do alto.
O que peço é a proteção para minha família, em especial meus filhos, marido...
São palavras, vindas do coração de Deus, pois, foi em lágrimas e lutas, que muitas delas escrevi.
Sou, apenas um instrumento nas mãos do Senhor, para levar a Palavra Dele.
Me formei em Administração (não exerço a profissão) e Teologia, além de estudar a Palavra de Deus, anos a fio, com lutas e provações.

Muitas coisas não coloco só como teoria, pois, várias senti na carne e no espírito, então foi experiência vivida, que Deus me permitiu passar, para ajudar quem estivesse passando pelos mesmos problemas.

O que procuro fazer, é ser fiel nas palavras que Deus coloca em meu coração, e faço o possível, para transmiti-las da forma mais coerente e eficaz possível.

Espero, que este Blog possa te ajudar a passar pelas lutas e dificuldades, possa também, levar a você a alegria e a paz que só Jesus pode dar e saber que por maior que seja a luta, você não está só, tem pessoas que (se você procurar uma igreja) te ajudarão em oração e o Senhor estará contigo para te livrar e te ajudar.

Deus lhe abençoe e saiba que você é muito amado por Deus.
Um grande abraço.
Com amor, em Cristo,
Angela.

Meu e-mail é: amserrap@yahoo.com.br
Dê sua sugestão, opinião, diga o que achou do Blog.
Para mim, é muito importante seu comentário.
Obrigada!







MENSAGENS DE EXORTAÇÃO

02 abril, 2015

AS TESES DO INIMIGO DAS NOSSAS ALMAS

Como disse, colocarei mais uns
trechos do livro de
Hernandez Dias Lopes
"As Teses de Satanás"

Conta a história Bíblica de um homem chamado Jó,
que de repente teve sua vida transtornada
por sucessivos acontecimentos,
que colocaram a prova sua fé,
seu coração, sua força e coragem.

Claro que não podemos nos esquecer
que nosso Salvador é o Senhor Jesus,
que Dele vem nossa confiança,
nosso refúgio e esperança.

Apesar deste homem, Jó,
ter vivido antes da vinda do Senhor Jesus,
vemos nele, um exemplo de resignação,
paciência, amor e fé a Deus.

Diz assim então,
os trechos do livro que selecionei
e digitei para vocês.

Deus os abençoe,
Angela.

“Muitas vezes somos tentados
e acusados pelos demônios,
e outras tantas vezes somos
protegidos e guardados pelos anjos de Deus.

Em Jó 1:06-12,
fala de uma reunião de Deus com seus filhos,
talvez os anjos, muito provavelmente 
nas regiões celestes.
Nessa  reunião aparece satanás, o adversário.
E o próprio Deus toma a iniciativa da conversa,
perguntando a satanás:
De onde vens?
Satanás responde:
De rodear a terra e passear por ela.

A primeira tese de satanás:
Ninguém ama mais a Deus do que ao dinheiro
Deus então, cutuca-o novamente,
perguntando:
Observaste o meu servo Jó?
É um homem íntegro e correto, que teme a Deus
e se descia do mal.
Satanás disse:
Também pudera! 
Porventura Jó inutilmente serve a Deus?
Tu tens abençoado a vida desse homem.
É um indivíduo rico e poderoso,
abençoaste as obras de suas mãos.
Desse jeito qualquer pessoa serviria a Ti.

Satanás está aqui, insinuando duas coisas:
primeiro, que Deus precisa 
subornar as pessoas
com bênçãos para receber delas adoração.
Segundo, que Jó só serve a Deus por interesse.
Está afirmando que a devoção de Jó não passa
de uma barganha com Deus.

Satanás acusa Jó de ser um utilitarista,
que se aproxima de Deus não por quem é Deus,
 mas por aquilo que Deus dá.
Na verdade, satanás está defendendo a tese
de que todo mundo serve a Deus por algum
interesse egoísta.

Sendo assim, destacamos aqui,
 a primeira tese de satanás.
Satanás está insinuando que ninguém adora
a Deus por motivos puros,
mas sempre por algum interesse.
A espiritualidade não passa de um meio para
alcançar favores imediatos.

Satanás dá a sua cartada final,
quando diz a Deus:
 Mas estende mão agora e 
toca em tudo que ele tem,
e ele blasfemará conta 
ti na tua face. (Jó 1.11).

Diante da acusação de satanás
Deus lhe permite tocar nos bens de Jó:
Então o Senhor respondeu a satanás:
Tudo o que ele tem está sob seu poder,
apenas não estendas a tua mão contra ele
(Jó 1:12)

Sem que Jó soubesse,
Deus o constituiu seu advogado na terra.
Com permissão de Deus,
satanás sai da presença Dele e, 
de forma implacável ataca os bens de Jó.
 Ver Jó 1:13-17

Contudo, será que satanás tinha razão em sua tese?
Será que Jó blasfemaria mesmo contra Deus?
Será que da boca de Jó sairiam 
torrentes blasfêmias?

Muitos indivíduos, quando são atingidos
pelos terremotos, desesperam-se.
Outros insurgem-se contra Deus.
Ainda outros cometem suicídio.
O que fez Jó?
No exato momento que sofre o golpe,
o patriarca prostra-se não 
para blasfemar contra Deus,
mas, para adorá-Lo, afirmou:

Saí nu do ventre da minha mãe,
e nu voltarei para lá (Jó 1:21)

Jó sabia que os bens são dádivas de Deus,
que riqueza e glória vêm de Deus,
mas que a vida de um homem não consiste
na abundância de bens que ele possui.

Jó definitivamente triunfa sobre a tese de satanás.
 O relato bíblico é enfático:
Em tudo isso Jó não pecou, 
nem culpo a Deus coisa alguma.
(Jó 1:22)

Jó rebateu e refutou a primeira tese de satanás.
As palavras e atitudes de Jó foram argumentos
 arrasadores que demoliram toda a sustentação
de satanás e jogaram por terra 
todas as suas insinuações.

 Jó estava provendo de forma 
eloquente que sua devoção
a Deus não estava baseada 
no que recebia de Deus,
mas no caráter do Senhor.
Uns honram a Deus na 
libertação da morte,
outros no martírio.
 Essa é a história da galeria dos heróis da fé.
Uns pela fé foram libertos da morte;
outros pela fé selaram com seu 
sangue sua fidelidade a Deus.

A segunda tese de satanás:
Que ninguém ama mais a Deus do que a família

Jó não tinha apenas bens;
tinha também, e sobretudo dez filhos.
A maior riqueza de Jó não eram suas propriedades
nem seus rebanhos, mas, sua família.

 Jó não era apenas o homem mais rico do mundo,
mas também o mais piedoso da terra.
O próprio Deus destaca as virtudes
singulares desse patriarca:
Homem íntegro e reto; homem temente a
Deus e que se desviava do mal .(Jó1:1; 1:8).

A piedade de Jó era notória.
Sua devoção a Deus era conhecida de todos.
Seus sólidos valores morais podiam ser vistos em
como lidava com as pessoas em sua volta.

Jó livrava o pobre que clamava e o órfão
que não tinha quem o socorresse. (Jó 29:12)
Jó ajudava as viúvas em sua aflição
e trazia-lhes júbilo na hora do luto. Jó (29:13)
Jó se fazia de olhos para os 
cegos e pés para o coxo. (Jó 29;15)
Jó era pai dos necessitados, e até as causas
dos desamparados ele examinava. (Jó 29:16).

Jó era um conselheiro muito admirado e ouvido.
Mesmo sendo o homem mais poderoso do seu tempo,
não havia soberba em seu coração.
Ele temia a Deus e servia ao próximo.
Seus pés não caminhavam na direção das
estradas escorregadias do pecado,
mas marchavam pelas sendas da solidariedade.
Ele se desviava do mal e 
caminhava resoluto na direção do bem.

Um dos grandes destaques da vida de Jó
era sua posição como pai intercessor.
Seus filhos já eram pessoas de sucesso,
eram unidos e celebravam juntos.
Essa unidade familiar não era costurada sem esforço.

 Jó era um pai piedoso e também um pai intercessor.
Jó dedicava o melhor do seu tempo para orar pelos filhos.
Chamava os filhos e exortava-os a não pecar contra Deus.
Ele tinha preocupação de que seus filhos pecassem
contra Deus em seu coração.
Tomava cuidado para que seus filhos não
caíssem na malha da hipocrisia.
Mesmo sendo um pai tão zeloso,
a tragédia um dia bateu à porta de sua casa.
Depois de sofrer o golpe da falência,
agora Jó sofre a dor do luto,
e o luto pelos dez filhos, no mesmo dia. 
(Ver Jó:1:18-19)

Esse homem arruinado financeiramente,
agora precisa sepultar seus dez 
filhos num único dia.
Os golpes tinham sidos profundos demais,
e ele está sem fôlego para prosseguir.

Será que satanás estava certo em dizer,
que ninguém ama mais a Deus que a família?
Será que Jó pecaria contra Deus ao
sofrer tão amarga perda?

A reação de Jó, ao receber a notícia fatídica
da morte de seus filhos, foi prostrar-se,
cobrir-se de pó e adorar a Deus. (Ver Jó 1:20-22)

Jó como advogado de Deus,
refuta de forma esmagadora 
a segunda tese de satanás.
Jó não blasfemou contra Deus,
mas adorou-O com coração quebrantado.
Mesmo quando satanás está agindo,
é Deus quem está no controle.”
(Hernandes Dias Lopes)

Será que conseguiríamos, 
em meio a tantas catástrofes,
agirmos como Jó?
Eu confesso, que acho não sei se conseguiria.
E que o Senhor nos livre de tais situações.

Mas, Jó foi, e é um grande 
exemplo para os seres humanos,
de geração em geração.
Exemplo de paciência, resignação, 
fé, temor a Deus...

No mês que vem, colocarei a terceira e
última tese de satanás e 
a conclusão deste livro.
Que Deus lhes abençoe!
Que a paz e as bênçãos
do Senhor Jesus,
inunde seus corações.

Um grande abraço.
Com amor,
em Cristo.

Angela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário